terça-feira, 23 de agosto de 2016

[Enfeitiçados, Entediados e Confusos] Vilões Coadjuvantes




Amigos Caçadores, se perguntarmos a qualquer fã do Buffyverse sobre os grandes vilões da série, muitos irão enumerar, especialmente por ordem de preferência. 

O casal Spike e Drusilla, Darla, Glory, Prefeito Wilkins, O Mestre, O Primeiro, A Wolfram & Hart, Adão e Walsh e O Trio Nerd. Todos estes são conhecidíssimos a nossos olhos, e conhecemos de cor e salteado seus planos para destruir a Caça-Vampiros, seus amigos e adjacências. 

Mas o Buffyverse não é composto apenas pelos grandes vilões. Entre homens e Demônios, há também aqueles que não tem um plano específico de destruição de mundo. Preferiram agir longe dos holofotes, mas que deram muito trabalho aos nossos heróis. Podemos chamá-los de os Vilões Coadjuvantes, mas que marcaram tramas e personagens dentro da história de Buffy e Angel. Vamos relembrar?

A Besta 

(Vladimir Kulich)

Veio como anunciador do Apocalipse de Jasmine e logo descobrimos que tratava-se da força física do plano. Sua pele impermeável por qualquer arma terrena, fez com que se tornasse um vilão indestrutível. Até Angelus descobrir como derrotá-lo, deixou pra trás um rastro de Morte e sangue, incluindo da Firma Wolfram & Hart. 

A família de Tara 
(Steve Rankin, Amy Adams e Kevin Rankin)


É impensável tratando-se do Buffyverse colocar a "Família de"...como vilão! Mas quando esta mesma família é tão egoísta ao ponto de não permitir o crescimento de algum membro, ela se torna vilã sim. Tara sentiu na pele a superproteção do Pai, que mentiu a ela sobre uma maldição. Um irmão sem personalidade e uma prima invejosa. 

Amy Maddison 
(Elisabeth Ann Allen)


Ela começou sua jornada como bruxa ainda no Colegial. Não queria ser assim, mas sua mãe a pressionou tanto, que não teve outro Destino. Mas isso não significa que não tivesse escolha. Quando os poderes de Willow tornaram-se maiores que os dela, a inveja tomou conta de seu coração, pendendo ela para o lado escuro da magia. 

Anyanka, o Demônio da Vingança 
(Emma Caulfield)


Traída pelo companheiro, a jovem Audy ficou na mira do Mal e em pouco tempo, tornou-se o flagelo de todos os homens e uma espécie de Padroeira das mulheres enganadas. Por este motivo, veio a Sunnydale ao ouvir indiretamente o chamado de Cordelia, traída por Xander. Seus poderes concediam desejos inimagináveis a mulheres feridas. Imaginem só o que saía dali....

Billy Blimm 
(Justin Shilton)


Se achávamos o pateta de Warren de Buffy misógino, imagina este rapaz de família intocável de ANGEL? Muito mais que o aprendiz de vilão que matou Tara, este mauricinho era perverso com as mulheres. Até porque tinha poderes sobrenaturais para ferir verdadeiramente a todas elas. Sádico, adorava se divertir vendo todas sofrendo vários castigos pelas mãos de homens numa espécie de transe causada por seu sangue. Serzinho odioso tá aí....

Billy Fordman 
(Jason Behr)


O plano era audacioso. Entregar a Caça-Vampiros ao casal Spike e Drusilla em troca de imortalidade. Mesmo que a razão tenha sido justificável por sofrer com uma doença degenerativa no cérebro, o amigo de infância de Buffy mentiu, trapaceou e colocou em risco a vida de muitas pessoas inocentes por puro egoísmo. 

Catherine Madson 
(Robin Riker)


Se Amy seguiu o caminho do Mal, muito se deve a influência dela, que não soube ser uma boa Mãe. Para reviver seus dias de glória como Líder de torcida do Colegial, sacrificou a vida da própria filha, trocando de corpo com ela. Além disso, colocou a vida de Buffy e todas as animadoras com feitiços pesados de magia negra. 

A Cozinheira frustrada 
(Wendy Worthington)


Problemas familiares, questões pessoais, financeiras, broncas do Chefe, animosidade entre colegas de trabalho, baixo salário....a razão ainda é desconhecida, mas fato é que a cozinheira do Sunnydale High surtou ao ponto de envenenar a comida da Cantina e se tornar a grande vilã de um episódio fantástico. 

Conde Kurksov 
(Mark Harelik)


O que você faria se pudesse controlar o Tempo congelando um instante mágico de sua amada para si mesmo? Pois foi exatamente assim que o Mago interferiu no Amor entre um casal de bailarinos de seu grupo de dança. O Poder destrutivo do Amor impulsionou suas atitudes. 

Demônio Sweet 
(Hinton Battle)


Embora o nome seja doce, e possa parecer que traga apenas canções e diversão, ele foi invocado por um medalhão da loja de Magia de Giles para cantar e dançar enquanto as pessoas eram carbonizadas por seus mais profundos sentimentos. Definitivamente o "Fred Astaire dos Infernos", não fez valer o slogan "Quem canta, seus males espanta". Ele quis mesmo é botar fogo em tudo como Nero! 

Diretor Snyder 
(Armin Shimerman)


Pense em um Diretor de Colegial com aversão a jovens e adolescentes. Dessa mescla não poderia sair coisa boa, já que falta o mais básico. O diálogo. E some isso a uma aversão particular ou impulsionada por Buffy. Diante de todos estes elementos, ele fez o que pôde para prejudicar a Caça-Vampiros e seus amigos no ambiente escolar. 

D'Hoffryn 
(Andy Umberger)


É o que podemos chamar de Caçador de talentos para coisas demoníacas. Quando farejou o potencial da jovem Audy, a tornou o Demônio da Vingança, e teria obtido ele sucesso com Willow, que já mostrava potencial para se tonar Dark. Embora tivesse criado uma certa empatia entre o público, não deixou de lado sua essência maligna quando incinerou Halfrek como vingança a Anya. 

Doc 
(Joel Grey)


Quem vê sua aparência calma e tranquila, jamais poderia imaginar que existia maldade em seu coração, ou seja lá o que bate no seu peito. Quando Dawn e Spike foram pedir sua ajuda, ele logo descobriu os caminhos de servir a sua Deusa amada Glory. Posso afirmar que indiretamente foi o causador da morte de Buffy, afinal, apunhalou Spike no alto da Torre e fez jorrar o sangue de Dawn quando tudo parecia resolvido a favor da Caça-Vampiros. 

Ethan Rayne 
(Robin Sachs)


Seu primeiro ato de vilania foi cômico, ao abrir uma Loja em Sunnydale onde as fantasias tomaram forma para adorar o Deus do Caos. De personalidade irreverente, era traiçoeiro e enganava seu ex amigo Giles com extrema facilidade. Dentre suas curiosas maldades, esteve o fato de transformar todos os habitantes da cidade em adolescentes enquanto o Prefeito agia num plano maléfico, e o Sentinela de Buffy em um Demônio todo atrapalhado. 

Evil Cordelia 
(Charisma Carpenter)


Depois que voltou do plano Superior, ela não foi mais a mesma e suas pequenas atitudes separavam a turma, especialmente Connor e Angel. Em pouco tempo, descobrimos que não tratava-se da mesma Cordelia que sacrificara Fama e Sucesso por servir ao Bem. Ela acabou servindo de entrada para Jasmine ao mundo num plano surpreendente. 

A Fanggang na entrada de Jasmine 
(David Boreanaz, Alexis Denisoff, 
Andy Harlett e J. August Richards)


Mas como assim Heróis sendo Vilões? Pois é, a Fanggang de Angel tornou-se uma vilã ocasional pela hipnose de Jasmine quando entrou no mundo. Neste processo, eles acabaram perseguindo incansavelmente Fred, a única que fugiu do transe. 

Forrest Gates 
(Leonard Roberts)


O que era um descontentamento a presença de Buffy na vida de Riley e da Iniciativa, tornou-se um estopim para aflorar sentimentos de revolta e inveja. Forrest nunca se conformou em ser o segundo da Organização, e quando Buffy o rebaixou para terceiro, ele se aliou a Adão para tentar destruir a Caça-Vampiros. 

Gavin Park 
(Daniel Dae Kim)


Como primeira missão, o Advogado da Wolfram & Hart foi cobrar Angel a quitação da Hipoteca do Hotel e como resposta recebeu um rosto nada amistoso do vampiro. Dali em diante, toda a sua segurança era tramar pelas costas de seus colegas, especialmente Lilah, com quem mais rivalizou. Sempre procurou pela aliança de alguém com uma posição mais forte dentro da Firma, não importando suas convicções. 

Gene Rainey 
(Matt Champagne)


De um típico nerd inofensivo, este estudante obcecado de Física decidiu usar seus poderes para o Mal, mesmo que involuntariamente. Com a ajuda de uma Seita de Demônios, ele construiu uma máquina que impedia o Tempo de evoluir, podendo criar um Apocalipse na Terra. O moço não queria que sua namorada terminasse com ele, e para isso decidiu congelar o tempo em que eles estivessem juntos. 

Gio 
(Khalil Kain)


Assumiu a posição de Líder da Gangue de Gun depois que este decidiu "brincar de Detetives de Demônios". Sua Filosofia "mate depois pergunte", dizimou muitos Demônios pela cidade não se importando se eram pacíficos ou não. Depois que teve de bater de frente com Angel e sua turma, testou Gun de todas as mameiras possíveis. 

Gwendolym Post 
(Serena Scott Thomas)


A princípio veio para Sunnydale a fim de assumir a tutela de Faith. Mas logo descobrimos que a Sentinela tinha outros planos de tomar para si o Poder de uma Luva maléfica. neste tempo, rivalizou com Giles, sempre criticando a maneira como ele conduzia sua relação com Buffy. 

Halfrek 
(Kali Rocha)


Da "Família de Demônios da Vingança" criada por D’Holfryn, foi a melhor companheira de Anyanka durante muito tempo. Juntas, realizavam desejos caóticos entre os humanos. Sua seleta lista eram as crianças, que com desejos impensados devido a idade, eram um prato cheio para ela. 

Harmony Kendall 
(Mercedes McNabb)


É uma das personagens mais instigantes do Buffyverse, pois mesmo atuando de modo discreto em Buffy e Angel, despertava uma certa empatia do público com seus planos que davam sempre errado. Quando humana, fazia parte do grupo de Cordelia no Colegial, e como tal, fazia a linha patricinha mimada desprezando a todos. Depois de vampirizada na Formatura, tornou-se mais perigosa para Buffy, mas ainda assim, terminou na turma de Angel trabalhando como Secretária na Wolfram & Hart.  

 Justine Cooper 
(Laurell Holloman)


Quando sua irmã gêmea foi morta por um vampiro, ela jurou vingança contra eles. Contudo, suas ações eram desorientadas até encontrar o velho Capitão Holtz, com quem dividiu a autoria de pequenos delitos contra Angel e sua turma, especialmente Wesley. Faz o tipo garota forte e solitária, e não confiava fácil em ninguém. 

Kathy Newman 
(Dagney Kerr)


A colega de quarto na Faculdade de Buffy parecia alguém bem normal, apenas com pequenas maninas irritantes comuns aos seres humanos. O problema foi que a desconfiança de Buffy diante de tanta implicância teve raízes no sobrenatural. Quando um Demônio subterrâneo tenta viver normalmente na Terra os problemas são incalculáveis para os humanos incautos como perder sua força vital. 

Ken 
(Carlos Jacott)


Sua aparência humana e pacífica como um Pastor cheio de promessas e boas intenções vagueando pelas ruas de Los Angeles atraiu muitos dos jovens solitários para seu Inferno onde os escravizava durante anos em progressão geométrica da Terra. Buffy foi um desses jovens em sua passagem pela cidade para azar do Demônio. 

Knox 
(Jonathan M. Woodward)


O braço direito de Fred no Laboratório da Wolfram & Hart era bonito, calmo, atraente e sensível demais para ser verdade. Com esta personalidade envolvente, enredou a moça num plano maquiavélico que culminou com o surgimento de Illyria no nosso mundo. Sua devoção pelo Antigo sacrificou aquela que mais alegava amar. Isso que é cafajeste né?

Liam's Father 
(J. Kenneth Campbell)


O pai do que conhecemos como Angel, era um homem austero, arrogante, e agia de modo preconceituoso com a criadagem. Não dispensava nenhum tipo de sentimento mais afável ao jovem Liam. Neste processo, embates familiares explodiam como uma crítica dura ao jovem, que no fundo queria sua aprovação. 

Luke 
(Brian Thompson)


Durante muito tempo foi o Líder da Resistência da Ordem que traria o Mestre de volta. Como tal, era o vampiro de confiança do vilão ao ponto de se tornar o fio condutor de almas para fortalecer sua libertação do subterrâneo. Além disso, tinha uma força bruta descomunal, e foi um dos que mais deram trabalho a Buffy neste sentido. 

Moloch/Malcolm 
(Mark Deakins)


O primeiro Amor a gente nunca esquece e certamente Willow também não. Carente, a amiga de Buffy se deixou levar pelas doces palavras do Corruptor, o Demônio da "Rede", que usava a Internet para seduzi-la. Moloch teve de ser aprisionado entre os Livros tamanha a sua periculosidade no meio dos humanos, atingindo-os no momento mais vulnerável de sua existência. 

Marcy Ross 
(Clea Duvall)


A solidão e o afastamento no Colégio faz as pessoas reagirem de formas desesperadas, que sem um equilíbrio, tornam-se atos de vilania perigosos. Cordelia e Buffy sentiram isso na pele quando tentaram deter uma garota que de tanto ser desprezada, transformou-se invisível, uma arma para ações quase mortais contra elas.  

Matthias Pavayne 
(Simon Templeman)


Ele era um médico que foi apelidado o Reaper para a realização de cirurgias desnecessárias (e fatal) em seus pacientes numa onda de brutais assassinatos ritualísticos das artes das trevas. Morto, seu fantasma passou a assombrar a Wolfram & Hart por roubar a alma de qualquer funcionário que morreu em serviço da empresa, torturando-as. Deu muito trabalho a Spike e Fred. 

Mauricinhos e suas Seitas Diabólicas




Uma coisa que foi recorrente em Buffy e ANGEL foi pactos demoníacos de jovens estudantes com Demônios com um único objetivo: Fama e riqueza. Seus sacrifícios geralmente envolviam garotas incautas. Buffy e Cordelia chegaram a cair na lábia deles enquanto em outra passagem a Caça-Vampiros teve de salvar uma aluna de um desses grupos. 

O Imortal 


Vampiro milenar, era a pedra no sapato de Angel e Spike, pois tinha o Dom de seduzir as mais belas vampiras, incluindo Darla e Drusilla. Era o típico conquistador que gostava de usar e abusar de suas conquistas, na maioria das vezes colocando uma contra a outra. Até Buffy caiu na sua lábia, para o desespero dos dois vampiros rivais. 

O ungido/Collin 
(Andrew J. Ferchland)


Ele renasceu para a entrada do Mestre no mundo por meio da morte da Caça-Vampiros. A criança de rosto inocente escondia um Ser perverso capaz de condenar muitas pessoas em detrimento do seu Mestre. Com a queda do mesmo pelas mãos de Buffy, passou a comandar a Seita do Mestre e seguir sua Filosofia até a chegada de Spike e sua nova Filosofia.  

Os Bringers


Antes de se tornarem os Mensageiros do Primeiro, eles eram humanos que se deixaram corromper pelo Mal participando de um Ritual perverso de iniciação. Como era incorpóreo, o Primeiro usava suas mãos para cometer os mais diversos crimes, e para não deixar falhas no seu plano, arrancava-lhes a língua. 

Os Cavaleiros de Bizâncio 


Eles surgiram como uma Ordem Sagrada a fim de impedir que a Chave pudesse abrir o Portal para Glory. E claro que neste tempo bateram de frente com Buffy, que tentava protegê-la a todo custo brigando entre si ao invés de se unirem contra a verdadeira inimiga. 

Os Chicotes 


Demônios que se julgavam de essência pura e com isso, tinham o direito de dizimar os que não consideravam tão puros quanto eles. Deu muito trabalho a Angel e sua turma, quando estes tentaram defender um grupo de Demônios de seus chicotes avassaladores. Eufemismo para chacina de raças.  

Os Demônios Motoqueiros 


Eles surgiram no meio do ritual de ressurreição de Buffy e além de destruir Buffy-Bot ainda promoveram o maior caos na cidade sem a Caça-Vampiros. Neste tempo, eles chegaram a ameaçar Willow, Anya e Tara de estupro.  

Os vassalos de Glory 


Sua aparência é descrita pela Scoobygang como "Hobitts com Lepra" e viviam sempre ao redor da grande Deusa Glory. Não se sabe a origem de tamanha adulação, a única coisa que se sabe é que quando se trata de servir a Gloriosa eles não mediam esforços como raptos e torturas de pessoas inocentes pela cidade. 

Penn 
(Jeremy Renner)


O cruel sugador de sangue teve como mentor o perverso Angelus, e como um bom aluno, também matou a própria família. Outro fato em comum era sua péssima relação com seu progenitor. Quando surgiu em Los Angeles nos dias atuais se surpreendeu com o fato de Angelus estar diferente, porém usou isso para desafiá-lo num jogo de Morte divertido para ele. 

Professor Oliver Seidell 
(Randy Oglesby)


Era um dos grandes mentores e ídolos de Fred na Faculdade até a mesma descobrir que ele fora responsável por abrir um Portal que a enviou a Pylea. Seus motivos eram extremamente egoístas, pois para assegurar sua posição de liderança frente aos alunos, eliminava pelo Portal todo aquele que via como superior a ele. 

Puppets Demons 


Uma estranha força maligna se apossou de bonecos fofinhos apresentadores de um famoso programa infantil. Enquanto as crianças se contagiavam com suas músicas alegres, um mundo paralelo entrava em cena, fazendo com que um dos Bonecos retirasse a força vital delas. 

Quentin Travers 
(Harris Yulin)


Líder dos Sentinelas, comandava toda a Burocracia irritante do Conselho, que consistia em manter a Ordem das coisas desde a sua Fundação. E uma dessas ordens era submeter a Caça-Vampiros a uma avaliação de seus métodos. Entre suas atitudes perigosas estava retirar os Poderes de Buffy no 18º aniversário, deixando-a indefesa e ameaçar Giles de deportação caso Buffy não se submetesse a suas regras. 

Rack 
(Jeff Kober)


Era um Feiticeiro inescrupuloso que se alimentava da Magia de jovens incautos. Ele lhes dava o suficiente para deixá-los sem controle, e depois retirava-lhes sem piedade tudo que tinham. Pode-se dizer que seria como uma espécie de traficante de drogas no mundo mais real. 

Sahjhan 
(Jack Conley)


Eventualmente, após o nascimento de Connor, o Demônio viajou de volta ao século 18 para recrutar Holtz em sua vingança. Na realidade, a intenção era matar Connor por conta de uma profecia de que o garoto iria matá-lo. Como parte de seu plano, Sahjhan viajou de volta no tempo e alterou as partes da profecia a respeito de sua morte para ler "o pai vai matar o filho", levando Wesley a acreditar que Angel o faria.

Silas 
(Michael Phenicie)


Líder dos Sacerdotes de Pylea, usou Cordelia e Groosalug para ter a confiança dos habitantes do local pelo Poder Sacerdotal. Na verdade, sua intenção era tomar o Trono de Pylea e submeter o povo a seus rigorosos métodos de corrupção. 

Spider Monster 
(Jeff Ricketts)



Faz parte de uma linha sagrada de Adoradores de Jasmine, cujo Poder é tão onipresente entre eles, que nem se importaram com a destruição total de seu mundo. Permaneceu fiel a Deusa caótica até o fim, e era incapaz de pronunciar seu nome, pois não se considerava digno para isso. 

Skipp 
(David Denman)


Era um dos guardiões de Portais do Submundo onde ficavam os Seres de maiores periculosidades. Apresentou-se como um Guia para Cordelia até os Seres Superiores, mas na verdade era o Canal de entrada de Jasmine no mundo. Sua pele como uma armadura era totalmente impermeável a qualquer arma, só tinha um ponto falho descoberto por Wesley no calor de uma Batalha. 

Tector e Lyle Gorch 
(James Parks e Jeremy Ratchford)


Antes de baterem de frente com a Caça-Vampiros, os irmãos já aprontavam horrores ainda humanos. A crueldade vampírica só complementou as maldades de seres sem alma. Separados eram difíceis de combater, juntos, quase indestrutíveis. 

 Ted Buchanan 
(John Ritter)


Quando conquistou o coração da solitária Joyce, parecia ser o marido dos sonhos de qualquer mulher e o padrasto perfeito para qualquer filha. Enredou todos a volta de Buffy com gentilezas e um talento absurdo para cozinhar. No entanto, a intuição de Caçadora nunca falhou e no final, Buffy teve de lidar com um serial killer nada convencional. 

Trevor Lockley 
(John Mahon)


Sua relação com a filha Kate sempre foi muita falha, não perdendo ele a oportunidade de humilhá-la e não demonstrar nenhum tipo de sentimento mais paternal. Na vida profissional deixava a desejar ao se envolver em tramas sujas e negociatas humanas e sobrenaturais. 

Trick 
(K. Todd Freeman)


Sua personalidade cruelmente irônica e cheia de sarcasmo providencial, fazia dele o esteriótipo perfeito de Vampiro. Talento que foi descoberto pelo Prefeito Willkins ao observar seu completo desprezo pelos humanos. Inteligente, chegou a elaborar grandes tramas e quase foi o responsável pela morte de Buffy. 

Turok-Han 
(Camden Toy) 


Chamado da versão Neanderthal dos Vampiros, sua força primitiva e puramente má serviu ao Primeiro com extrema perfeição, afinal, obedecia ordens sem a capacidade de questionar. Como era de essência pura, era extremamente forte, difícil de derrubar.

Veruca 
(Paige Moss)


Vocalista de uma Banda, escondia o fato de ser um Lobisomem como Oz. Quando encontrou o namorado de Willow pela frente, não mediu esforços para tomá-lo para si sem a mínima consideração. Para ela, sua natureza animal dava-lhes a Liberdade necessária para agir sem qualquer regra ou pudor. 

Willy 
(Saverio Guerra)


Dono de um bar que servia a humanos e Demônios, não tinha muito caráter e sempre se aliava a quem pagasse mais. Buffy e Angel chegaram a sofrer com esta Filosofia ambiciosa. Era humano, mas às vezes agia muito mais como um ser de essência demoníaca. 

Willow vamp 
(Allyson Hannighan)


Tratava-se de uma outra versão de Willow em uma Dimensão paralela criada pelo desejo de Cordelia concedido por Anyanka. Quando esta faz um Feitiço para recuperar seus Poderes com a ajuda de Willow, traz a cidade de Sunnydale a ameaça vampírica. Antes de retornar para sua Dimensão, ajuda a promover o caos na cidade. 

E aí amigos, gostaram da Lista? Quem vocês acham que deveria ser considerado também "um pequeno vilão" no Buffyverse que ficou de fora?