sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

[Retrospectiva Analítica] Angel, a serie - 5° Temporada

Por:



Trailer da quinta temporada





Resultado de imagem para Angel Season five

Título original e brasileiro: ANGEL
Temporada 04: 01/10/2003 a 19/05/2004
Precedida pela quarta temporada


Elenco Principal: 
David Boreanaz 
James Marsters
Alexis Denisof 
J. August Richards 
Amy Acker
Andy Hallett
Mercedes McNab


Elenco Recorrente:
Christian Kane
Sarah Thompson
Johnathan M. Woodward
Jenny Mollen
Adam Baldwin


Participações Especiais:
Charisma Carpenter
Vincent Kartheiser
Julie Benz
Tom Lenk
Juliet Landau






Enquanto o seriado de TV da Buffy encerrou-se em 2003, seu Spin-off, Angel, mostrou que ainda tinha história para prosseguir, e assim foi feito. Na cronologia do Buffyverse, a 5° temporada de Angel ocorre 3 meses após os eventos ocorrido na temporada final de Buffy.


Angel tenta seguir sua rotina normal de Vingador da noite 
salvando essa moça, mas passa a ter um estorvo 
no seu encalço

A temporada começa com mais uma cena de uma mulher caminhando sozinha por um beco escuro, e de repente é surpreendida por um vampiro. Ela grita bem alto, fazendo Angel de longe ouví-la e ir ao seu auxílio. Chegando de forma heroíca, Angel dá umas porradas no vampiro e o destrói com uma estacada. Quando está prestes a se despedir da moça (de forma muda e misteriosa como já conhecemos), de repente ele é surpreendido por um grupamento altamente armado e de assessores chamando-o de chefe, que estavam em seu encalço para ''protegê-lo'' em suas missões de ajuda aos indefesos. Angel fica sem graça e a moça (que é obrigada a assinar papéis relacionados a seu salvamento) fica desconfiada que Angel a salvou para se aparecer na mídia. Chefe? Grupamento? Assessores? Vamos recaptular!! 


No final da temporada anterior, o triunfo da Fang Gang sobre a trama de Jasmine, serviu como um avanço de degrau, em que eles ganharam de presente o comando da firma Wolfrang & Hart de Los Angeles. Segundo os sócios majoritários (explicado por Lilah na temporada anterior) a morte de Jasmine trouxe uma otimização do Mal no mundo inteiro, pois interrompeu os ''planos'' que a vilã tinha de trazer a paz e harmonia ao planeta (e nos bastidores ela estava se alimentando das almas humanas. Uma hipocrisia esse ideal da Jasmine!).


Cada integrante da Fang Gang na foto tem uma função
na nova direção da W&H; exceto Spike, que fica como
um desocupado


Com o território inimigo sob o seu domínio, Angel e seus aliados precisam dar continuidade às atividades da firma de advocacia. Angel é o presidente; Wesley é o encarregado do setor de pesquisas místicas (um local com um acervo de livros e pergaminhos que não são encontrados em nenhum local do planeta); Charles Gunn se submete a um processo em que todo o conhecimento das leis dos humanos (e dos demônios de todas as dimensões) é inserido cirurgicamente em seu cérebro, fazendo-o se tornar um super-advogado (com argumentações de defesas poderosos para inocentar qualquer réu); Winnifred é a chefe do laboratório de Ciências; Lorne é o responsável pelo setor de assuntos culturais. E para ser a secretária do chefão Angel, a vampira Harmony (que estava sumida na serie desde um tira-teima com Cordélia na 2° temporada) é recrutada.


Após sumir por duas temporadas depois de
um tira-teima com Cordélia, a vampira Harmony
é contratada por Wesley para ser a secretária do
chefão Angel!


Compreendemos a partir desta temporada que o objetivo de Angel ter aceitado comandar a W & H é que para chegar à sua ''espinha dorsal'' (os sócios majoritários, os vilões supremos de toda a serie) ele precisa estar inserido no território inimigo para conhecê-lo melhor e obter informações que ajudem em um futuro contra-ataque; porém só estando dentro da firma não é o suficiente (pois eles não se encontram fisicamente por lá, e sim em outra dimensão, mas monitorando tudo o que se passa na dimensão dos humanos). Eis então que surge Eve, uma jovem mensageira que serve de elo entre os sócios e a Terra (ou seja se Angel precisar se comunicar com eles, terá que ser através de Eve). O vampiro se indigna por tal situação, mas entende que não pode perder o controle, se quer chegar até seus inimigos para derrotá-los.


Nesta temporada, além de Eve temos também outros coadjuvantes inseridos na trama e influenciarão no destino de dois dos personagens centrais mais adiante: Knoxx (um jovem cientista que auxilia Fred no dept. de Ciências) e Nina (uma jovem que acaba adquirindo a maldição do Lobisomem).




Nina além de ganhar a maldição do lobisomem,
virou alvo de um grupo de gourmets que apreciam
a carne da criatura da lua cheia


Por falar em Nina, essa jovem foi atacada por um lobisomem e sendo salva por Angel em seguida; porém ela foi ferida pela criatura e acabou contraindo a sua maldição. Aos poucos Nina vai adquirido aspectos de um lobo (como visão, olfato e audição apuradas), e no dia em que a lua cheia resplandece, ela se torna um feroz lobisomem com enorme sede de matar. Angel e a Fang Gang após salvá-la de ser um banquete vivo de um grupo de gourmets que degustam carne de lobisomem, se dispõem a alojá-la na firma durante os períodos de lua cheia no mês (uma idéia inspirada no que a Scooby Gang fazia com Oz, ao trancafiá-lo na biblioteca do Colégio Sunnydale). Secretamente Nina vêm desenvolvendo um sex appeal por Angel. 


Após deter no primeiro episódio, uma conspiração liderada por um encarregado da segurança, que estava descontente pela nova gestão - que estava querendo que seus advogados da W&H desse o amparo jurídico somente a quem realmente fosse honesto e tivesse necessitado - em sua sala, Angel e os outros são surpreendidos por uma estranha encomenda: o mesmo amuleto que havia entregue a Buffy na batalha final em Sunnydale, que ao cair no chão faz com que uma criatura se reconstituir na frente de todos os presentes: Spike.


Spike tendo seu corpo restituído pelo amuleto

Três meses atrás, Spike estava em Sunnydale auxiliando Buffy e os Scoobies na batalha final contra o Primeiro Mal, e no apíce da luta ele se sacrifica ativando o poder desse amuleto (equivalente a luz solar) para dizimar uma horda de Turok-hans (e ele enquanto vampiro, foi incluído nessa destruição); até que inexplicavelmente reaparece em Los Angeles. Mesmo sem entender como voltou, Spike se contenta com o fato, e após uma discussão com Angel (que inicialmente não ficou contente com o seu retorno) se prepara para sair dali e ir atrás de Buffy (que está na Europa continuando sua missão de caçadora); porém ele não consegue deixar o local por não ter se reconstituído em forma de matéria física, e sim numa forma espectral (tipo um fantasma), podendo ser visto a olho nú, mas não pode ser tocado.


O caso é que durante alguns instantes, Spike desaparece completamente de forma involuntária. Para identificar a causa disso, Fred então inicia uma longa pesquisa utilizando os recursos do dept. de ciências. Logo ficamos sabendo que Spike não é exatamente um fantasma, mas um espectro que está vinculado ao amuleto, que por sua vez é um artefato pertencente à W&H, e com isso o vampiro espectro não pode deixar as imediações de Los Angeles.


Com o passar dos dias a gestão de Angel na W&H Los Angeles, passa a desencadear a revolta de outros funcionários e clientes (tanto humanos quanto demônios), pois o vampiro herói quer transformar a firma numa instituição que ajude somente os necessitados (indo de contra-mão ao que era feito antes: ajudar aos clientes que tenham bastante dinheiro, não importam se são corruptos, assassinos e inescrupulosos). Com isso esses clientes emanam um grande desejo de destruir o novo chefe da W&H; porém precisam reprimir essa vontade, pois os sócios majoritários não o querem morto, e ninguém se atreve a contrariar (pois temem o castigo que pode levar desses vilões, que podem durar por toda a eternidade).


Os sócios majoritários ainda não querem que Angel esteja morto, pois o mesmo está caindo aos poucos na sua trama. Isso porque gerir uma firma como a W&H, exige grande disponibilidade para: supervisionar seus setores, marcar dezenas de reuniões com empresários, magnatas, chefes de clãs demoníacos, etc... E nisso, o tempo que Angel tinha antes para se dedicar a ajudar os indefesos e enfrentar o mal, é totalmente suprimido por essas obrigações que ele tem enquanto presidente de uma firma de advocacia sobrenatural. O mesmo acontece com Wes, Fred, Gunn e Lorne, que vão sendo envolvidos pela demanda de obrigações em seus respectivos departamentos, que os fazem se isolar de estarem reunidos como Fang Gang. 


Winnifred se solidariza com o problema de Spike


Voltando ao assunto do ''fantasma'' Spike, os involuntários desaparecimentos dele que o deixa invisível aos nossos olhos, estão cada vez mais constantes e que o deixa preocupado, ainda mais que nesse momento que desaparece, ele é transportado para um cenário sombrio e aterrorizante com outros fantasmas e alucinações do inferno, que consegue ferí-lo. Então ele começa a buscar amizade com Winnifred para que ela possa ajudá-lo com os aparatos científicos da W&H. 


O Espectro Spike luta desesperadamente para não ter
sua alma consumida pelo espírito de Pavayne


Enquanto Fred decifra códigos de física quântica para tentar ajudá-lo, Spike agora vira literalmente um fantasma, desaparecendo definitivamente da audição e da visão dos vivos (somente nós telespectadores ainda o enxergamos e ouvimos), e passa agora a se transformar numa caça para Matthias Pavayne, um médico serial Killer conhecido como o Ceifador - que aterrorizou os EUA ainda na época colonial durante 20 anos, em que a W&H usou em um ritual de sacrifício em que seu sangue irrigou toda a extensão do terreno em que hoje sedia a firma pois o terreno já era alvo de outros colonizadores (e esse ritual os espantaram das terras amaldiçoadas) - e desde então seu espírito vaga pelas instalações da W&H se alimentando das almas e espectros de funcionários que morreram ali, e como Spike retornou como um espectro, tornou-se também uma presa. Porém graças a um aparelho que torna corpóreo os espectros, a Fang Gang derrotam Pavayne, e Spike descobre que a auto-estima em se tornar corpóreo é uma chave para ele voltar a ser uma matéria viva novamente (e que é preciso praticar até conseguir de forma permanente).


Angel não se contentou com o regresso de Spike. Ainda
mais agora que também adquiriu uma alma humana


Desde que Spike retornou e se instalou na W&H, notamos a insatisfação (um ciúme) de Angel quanto ao fato (principalmente por ele ter adquirido alma humana). E as coisas pioraram quando através de uma misteriosa encomenda, Spike volta a ser corpóreo novamente, trazendo a tona aquela profecia Shanshu sobre um campeão (um vampiro com alma) que enfrentaria o apocalipse e teria como recompensa a oportunidade de voltar a ser humano de novo. Com isso fica uma dúvida, pois na profecia não menciona o nome de Angel (mas era subtendido que era ele, por ser o único vampiro com alma existente na área); e como Spike é mais um vampiro com alma humana, é gerada então uma disputa para descobrir quem realmente é o campeão (fora uma instabilidade sobrenatural na W&H em que os funcionários estranhamente se tornam loucos homicidas e barulhos telefônicos incessantes). Após algumas pesquisas, eles descobrem que o campeão precisa beber da Taça do Perpétuo Tormento para que ele se consolide nessa titulação e que o equilíbrio natural se restaure. Após brigarem violentamente, Spike vence Angel na luta e bebe da taça; porém ela é falsa. Misteriosamente o equilíbrio na W&H é restaurado, onde Eve menciona que foram os sócios majoritários que interviram, mas na verdade sabemos que quem está por trás disso é Lindsey (cumplice e amante de Eve, que retorna a Los Angeles para se vingar de Angel e está oculto misticamente dos sócios, que querem sua cabeça por ter desertado na 2° temporada).


Lindsey se revela como amante de Eve, 
persuadindo a ser sua cumplice

Esse episódio (5X10 Soul Purpose) é a primeira experiência
de David Boreanaz como diretor

Lindsey se passando por Doyle para ganhar a confiança
de Spike

Spike Vs Angel: uma disputa mortal para ficar
com o título de ''Campeão dos Poderes que Valem''


Usando o nome de Doyle (o falecido 1° parceiro de Angel no início da sua aventura em LA), tenta se aproximar de Spike, revelando-se como o responsável tanto por ter direcionado o amuleto em que ele foi restituído quanto pela encomenda que o tornou corpóreo de novo (o curioso é que Spike chegou a ver o Doyle durante sua participação na 1° temporada, porém não associou a pessoa ao nome, por não saber na época). Lindsey faz uma representação daquele foi um dia o ajudante de Angel (com direito a afirmar que tem as visões do perigo). Spike aos poucos vai se envolvendo e pegando o gosto em ajudar os indefesos, ainda mais que o pseudo Doyle lhe diz que isso lhe tornará o novo campeão. E com isso ele vai tomando o lugar do vingador da noite, Angel.


Enquanto Lindsey está colocando Spike como o campeão, Eve vai aos poucos tirando Angel dessa missão. Nosso herói se vê cada vez mais mergulhado nas tarefas de chefe da W&H; e ainda fica debilitado (algo que não ocorre com um vampiro) devido a uma criatura sanguessuga (que injetam neurotoxinas que causam alucinações e fraquezas) que Eve implantou secretamente no quarto de Angel para sugar suas forças enquanto está dormindo. Felizmente, Spike o salva, e a Fang gang desmascara o plano de Eve.


Com o passar dos episódios, o descontentamento de Angel em chefiar a W&H é cada vez mais notório, pois nas suas missões de combater o mal, grande parte das pessoas assassinadas foram mortas por clientes da firma, e que muitas vezes não se pode matá-lo pois a firma entraria em colapso por perder um cliente (demônio, bruxo ou criatura) morto pelo próprio chefe da empresa. Então quando Angel decide largar tudo e desistir da W&H, Cordélia (ou melhor, o espírito dela, em que só sabemos no fim do episódio 12) desperta do coma para avisá-lo de algo muito importante e que ele precisa continuar onde está.


Cordélia acorda do coma, para auxiliar a Fang Gang
numa última missão

Nesse mesmo episódio, Angel descobre que Lindsey se fingiu de Doyle para enganar Spike e colocá-lo contra ele. E ainda, que o ex-advogado, planeja ativar o ''seguro'' da W&H (uma criatura dimensional que é trazida por um aparato tecnológico que fica no sub-solo, em caso de catastrofe no prédio da firma). Logo, Angel, Spike e Cordy seguem até o sub-solo. Lindsey (com um poderoso pedaço de cristal) ativa a máquina que libera esse ''seguro''. Spike libera caminho para Angel e Cordy chegar até o inimigo. Angel e Lindsey se enfrentam numa luta equilibrada pois Lindsey adquiriu uma superforça devido a esse cristal, mas Cordy retira o cristal do aparato, deixando Lindsey fraco e suscetível às porradas de Angel. Enquanto isso no setor mais acima, Wes, Gunn, Fred e Lorne, iniciama leitura de um texto que desoculta Lindsey (que estava invisível sobrenaturalmente devido à tatuagens místicas). E assim, ele é detectado pelos sócios majoritários que o sugam para outra dimensão. A trama de Lindsey foi um fracasso, Eve é demitida por Angel, e Cordy se despede da serie, com seu espírito finalmente indo descansar em paz. Reparem que este episódio é o único da temporada em que os ''Poderes que valem'' intervêem para ajudar Angel (ao trazer Cordy de volta temporariamente).

O adeus de Cordy a Angel, através de um beijo 
diferente do comum

O laço amoroso entre Wes e Winnifred consolidou-se
nessa temporada


Parágrafos acima, tinha falado um pouco sobre Knoxx, pois bem... durante até a metade da temporada, ele vem mostrado ser um um cientista auxiliar bonzinho e que aos poucos quer se aproximar de Winnifred. A princípio, pensávamos que se trataria de um novo triangulo amoroso entre ele, ela e Wes (isso mesmo, Wes!! Pois Gunn caiu fora desde a temporada passada, e segue na amizade com Fred, enquanto que Wes vai se aproximando e gerando atração na moça). Porém vamos descobrindo que as reais intenções de Knoxx é outra: ele se ''camuflou'' para usar secretamente os recursos da W&H para poder trazer um demônio para esta dimensão: Ilyria. 

O misterioso Knoxx tem um interesse em adquirir a confiança
de Fred




E isso desencadeou uma trama que ela morresse aos poucos e tendo
seu corpo tomado pelo espírito de Ilyria


Quando localiza e traz o sarcófago de Ilyria para o laboratório, Knoxx precisa cumprir mais uma etapa do seu plano: ele precisa que alguém seja um hospedeiro para Ilyria, e a vítima que ele escolhe é Fred. Perssuadida por Knoxx e com a curiosidade a flor da pele, Fred acaba ativando o sarcófago e é contaminada por uma toxina, que a faz convalecer. Aos poucos ela vai piorando, e esforços científicos e místicos são feitos por Angel e os outros. Spike e Angel viajam além das fronteiras de LA para encontrar uma solução, e quando se deparam com ela, descobrem que se reverterem a chegada de Ilyria (que está possuindo o corpo de Fred), causará um grande pandemônio e desequilíbrio místico nesta dimensão (com muitas almas inocentes destruídas). Angel fica num delicado dilema: salva fred, mas condena a humanidade ou vice-versa, e após muita reflexão e com tristeza ele opta em preservar a humanidade. Logo Winifred Burkle morre nos braços de Wes, e seu corpo é tomado pelo espírito de Ilyria (uma poderosa demônio guerreira soberana destruidora de dimensões, e que tem o poder de parar o tempo e se teleportar).


Winnifred dá lugar à Ilyria

Nossos heróis estão desolados. Sentem uma profunda dor com a perda de uma amiga e aliada (assim como foi com a partida de Cordélia), principalmente Wes (que esteve ao lado dela até o último minuto). Ilyria tenta compreender sua chegada à dimensão dos humanos, e após uma conversa inicial com Wes (que tenta matá-la, sem sucesso) foge desorienta e se depara com Knoxx, que comemora o feito de ter trazido Ilyria a tona (pois foi o principal motivo dele ter se instalado na W&H: libertar uma criatura sobrenatural na qual tem uma profunda obsessão). E assim, o cientista conspirador se torna um Qwa´ha Xahn (um guia) de Ilyria,  e junto a ela saem numa cruzada para encontrar seu exercito de demônios e trazê-los à dimensão dos humanos. Angel tenta impedí-los de deixarem o prédio da firma, mas Ilyria é astuta e usa sua magia que paralisa o tempo para escapar.

Enquanto isso, Angel e os outros tentam deter Ilyria para tentar achar uma forma para reverter o processo (ele até ligou para Giles para tentar encontrar Willow, mas o ex-sentinela não confia na W&H e desliga na cara de Angel). Paralelamente, Gunn pressiona o cirurgião que implantou a super sabedoria das leis humanas e demoníacas em seu cérebro a lhe dizer uma forma de trazer Fred de volta... Mas o que esse cirurgião tem a ver com isso??? No acordo para Gunn obter um ''upgrade'' cerebral, ele teve que assinar um contrato para autorizar a saída do sarcófago de Ilyria direto para o departamento de Ciências e que para que uma alma seria sacrificada para libertá-la. (e Gunn jamais imaginou que a alma da vez fosse a de Fred). Em seguida Wesley supreende Gunn e o cirurgião conversando, em que nocauteia o primeiro, e esfaqueia o segundo. Angel se irrita com a atitude que Wes teve com Gunn (que é internado no hospital).

Prosseguindo, Angel, Spike e Wes encontram Ilyria e Knoxx (que estavam prestes a abrir um portal dimensional no museu). Wes furioso atira mortalmente em Knoxx e assim começa a luta dos três guerreiros Fang Gang contra a poderosa guerreira. Ilyria tenta escapar novamente paralisando o tempo, mas Angel se sobressai e a golpeia (pois graças a um cristal do sarcófago que estava em seu poder, ele não é afetado pela magia). Mesmo assim ela cria um portal e foge, mas Wesley consegue seguí-la. Conseguindo chegar ao seu reino original, Ilyria se decepciona ao ver que tudo se tornou ruínas e seu exército não existe mais. A guerreira fica desolada, pois é a última do seu povo, se sentindo como não se pertencesse a lugar algum; porém Wesley a acolhe (pois a figura de Ilyria ainda é a única lembrança que tem da Fred).


No dia seguinte, Angel se lamenta pela sua equipe ter se desfalcado: Gunn está internado, Wes agora só se concentra em ''domesticar'' Ilyria ao mundo humano (e aos poucos trazendo para o time do bem), e Lorne viajou. Tendo somente Spike como presença, nosso herói começa a sentir os sinais de cansaço por chefiar a W&H, pois seu objetivo de chegar aos sócios majoritários para contra-atacar está cada vez mais obscuro; mas aí Spike o convence a partir pro tudo ou nada para obter informações através da única pessoa que ele sabe: Eve.


O misterioso Marcus Hamilton, sucede Eve como
novo elo com os sócios majoritários

Desde quando foi descoberta como cúmplice do desertor Lindsey, Eve está refugiada em um apartamento preenchido com escritos místicos de ocultação para que não seja localizada pelos sócios majoritários (do mesmo jeito que Lindsey fez ao tatuar o seu corpo). Angel e Spike a localizam e a pressionam a revelar como chegar aos sócios majoritários. Logo, um homem forte trajando terno é inserido na trama: Marcus Hamilton, que está atrás de Eve, para formalizar a passagem de função dela para ele como o novo elo com os sócios majoritários.

Angel e Spike decidem proteger Eve trazendo-a ao prédio da firma. Lá ela revela que a única pessoa que pode ajudar sobre os sócios majoritários é Lindsey (por ter trabalhado na firma durante muitos anos); e que agora se encontra no inferno (após a última luta com Angel). O vampiro então decide realizar uma missão de resgate.

Com Gunn de volta ao time, ele (através de seus conhecimentos) consegue um carro que pode levar automaticamente até o inferno onde Lindsey se encontra, e parte para lá junto a Angel e Spike. Ao chegarem lá são surpreendidos por uma paisagem totalmente diferente do que se pensa de um inferno: um bairro tranquilo em que famílias e vizinhos cooperam entre si. Porém mais adiante descobrimos que Lindsey está com amnésia e é obrigado a repetir uma mesma rotina todos os dias: acordar e tomar café com uma família fictícia e ir ao porão para ter seu coração arrancado por um demônio. Após uma reviravolta, Angel consegue resgatar Lindsey; porém isso custou a estadia de Gunn, que teve que usar um amuleto no lugar de Lindsey, e agora passa a ter a mesma tortura que ele. 

Pode não parecer, mas esse cenário
familiar é o inferno pra onde Lindsey foi jogado
pelos sócios majoritários após a última luta com Angel

Angel, Spike e Gunn decidem então resgatá-lo, e os 
dois vampirões se deparam com um sol inofensivo
(como em Pylea)

Nos episódios seguintes, o destino faz Angel se deparar com seu filho Connor novamente. Preocupados com o filho ser ''sobrenatural'' após sair ileso de um brutal atropelamento, os pais de Connor (criados por fantasia pela W&H no fim da 4° temporada), recorrem a Wolfrang & Hart (acreditando que eles podem resolver o problema do filho). O que parecia ser um simples caso que se resolveria num simples diálogo se transforma numa trama de vida ou morte, pois Connor é obrigado por Cyrus Vail (um velho feiticeiro de pele vermelha) a destruir o Sahjahn (aquele mesmo demônio da profecia da chegada de Connor na 3° temporada, que havia sido preso a uma urna, mas que agora escapou e pretende matar Vail, seu arqui-inimigo. Porém aquela profecia afirma que Connor é o único que pode destruir o Sahjahn).

Angel levantando a moral de Connor, que para proteger seus pais adotivos,
foi obrigado pelo feiticeiro Cyrus Vail a destruir o Sahjhan, 

Connor como teve sua memória alterada para acreditar que tem uma família normal, não tem a mínima noção da super força e agilidade que possui, e acaba tomando uma surra do Sahjahn. Porém Wesley faz uma investigação e chega a uma conclusão de que Vail tem ligação nessa transformação de Fred em Ilyria, através de um feitiço contido em uma caixa mística. Ele consegue destruir essa caixa, e com isso as memórias de todos sobre Connor (nas outras temporadas) voltam. O Sahjahn termina morto por Connor que recupera boa parte da memória e essência de guerreiro; mas apesar de saber a verdade de que Angel é seu verdadeiro pai, ele mantém a personalidade tranquila de antes e vai embora com seus pais adotivos.

Gunn é resgatado do inferno por Ilyria com sucesso

Mudando de assunto, Angel ainda não se conforma que Gunn tenha ficado no inferno após resgatarem Lindsey, e então inicia uma nova missão de resgate. Logo, Desta vez, é Ilyria (que inesperadamente topou fazer o serviço) quem vai quem até lá, abrindo um portal dimensional, luta um pouco com o torturador e faz uma troca justa: resgata Gunn, e faz com que o próprio torturador se martirize. Wesley vai até Gunn se desculpar pela punhalada que desferiu nele, e fazem as pazes.

A interprete de Amanda (a gestante com o bebê na mira de demônios)
é a modelo Jaime Bergman (esposa de David Boreanaz)

Esse episódio, de n°19, marca a participação da esposa de David Boreanaz (Angel): Jaime Bergman, interpretando Amanda, uma jovem grávida cuja criança que carrega em seu ventre está na mira de uma seita de demônios. 

Voltando à Ilyria, ela apesar de continuar egocêntrica (devido aos poderes e força de divindade), ela está se acostumando a conviver com a Fang Gang (em que uma das partes favoritas é surrar Spike na sala de treinamento). O caso é que essa essência emocional de Ilyria ao conviver e compreender a personalidade humana, justamente com as constantes viagens interdimensionais, começa a deixá-la instável sentindo muitas dores; e por estar hospedada numa ''casca'' que um dia foi o corpo de Winifred, essa sobrecarga de energia sobrenatural num  frágil corpo humano a torna um tipo de bomba-relógio.

Wesley então desenvolve uma especie de mini-bazuca para tentar dissipar esse excesso de energia em Ilyria. Só que essa instalibilidade deixa Ilyria mais tensa, e ao pensar que o que está acontecendo com ela é por culpa de Angel, ela entra em histeria e ao ser cercada para ser ajudada por Angel, Spike, Wes e Lorne, os mata instantaneamente. O(A) telespectador(a) nessa hora deve ter se desesperado por ver os protagonistas serem destruídos.


Por sorte, essa instabilidade de Ilyria, faz ela involuntariamente voltar no tempo minutos antes dela ter matado Angel, e aí Wesley consegue desferir os raios da mini-bazuca em Ilyria, estabilizando, porém ela perde definitivamente os poderes que tinham antes como manipulação do tempo e espaço, porém continua com super força.


Wes estabiliza a energia de Ilyria, para evitar que ela exploda,
e isso custa os poderes totais da guerreira

A reta final da temporada se aproxima. Angel repentinamente parece estar cedendo ao lado negro da força, não seguindo mais aquela premissa de ajudar os indefesos em primeiro lugar. Seus amigos então decidem saber através de Lindsey, que os esclarece que Angel está mantendo interesses em entrar para o Círculo da Espinha Negra: uma sociedade secreta formada por uma elite de demônios com grande poder financeiro e místico, e que geralmente sempre estão metidos na realização de apocalipses. 

Angel dando a mordida de misericórdia no Drogyn

Angel começa a agir estranhamente pro lado
do mal, para buscar confiança e ter esse passaporte na
mão para ingressar no Círculo da Espinha Negra


Tudo começa quando um Drogyn (o guardião de um local místico) chega a W&H alegando estar sendo perseguido por assassinos a mando de Angel. Ilyria então fica protegendo ele, enquanto que Wes, Gunn, Lorne e Spike vão averiguar a situação. Logo descobrimos que Hamilton joga pelo time dos vilões ao espancar brutalmente Ilyria e o Drogyn , e leva este segundo até Angel que o morde no pescoço sugando seu sangue. Esse ato deu passaporte para Angel entrar definitivamente para o Círculo da Espinha Negra.


Se por um lado Angel parece estar retomando sua essência assassina de Angelus, por outro ele vem mantendo um caso com Nina (a mulher lobo), que adquiriu uma atração pelo vampiro. Com isso vocês podem estar se perguntando: ''Será que Angel voltou a ser assassino devido a esse caso com Nina (devido aquele lance de perder a alma com a plena felicidade)?'' A resposta é não, pois a conexão de Angel por Nina é somente física (tesão) e não amor (como ele sente por Buffy), e transar para ele não o traz a felicidade plena. E quando a moça parecia estar fazendo planos para um compromisso mais sério, o vampirão acaba dando um ''fora'' nela, mandando ela ir embora de Los Angeles, para se proteger dos acontecimentos que poderão vir (o Apocalipse). Nina então se decepciona e vai embora (encerrando assim a sua participação na serie).


Angel na mesa do Círculo da Espinha Negra: Uma cúpula que sente prazer em criar
apocalipses, formado pelos seres de grande influência sobrenatural,
o que lhes fazem os sócios majoritários da W&H


No outro dia, Angel ao entrar em sua sala, é emboscado por Spike, Wesley, Gunn e Lorne, e começam um princípio de tumulto. Rapidamente Angel toma Lorne como refém e ativa uma magia de miragem em que cria uma realidade alternativa: Quem está fora da sala continua vendo um tumulto, mas lá dentro ocorre outra coisa. Angel acalma seus aliados e revela que tudo que ele está fazendo é uma encenação para chegar ao Círculo da Espinha Negra (que segundo ele, é a máquina que controla a W&H, que controla o mal neste mundo). E ainda ele começou a arquitetar esse contra-ataque ainda na última aparição de Cordélia, em que o beijo que ela deu em Angel lhe deu a visão sobre esse apocalipse que está pairando no ar. Nosso herói pergunta se eles querem prosseguir nessa batalha final, sabendo que isso desencadeará uma gigantesca ira que pode lhes custar a vida... Todos aceitam!



Após o esclarecimento sobre a encenação que está fazendo, 
todos concordam em ajudar Angel na batalha final


Secretamente, Angel sistematiza uma investida de contra-ataque ao Círculo da Espinha Negra, em que cada integrante da Fang Gang será incumbido de destruir um membro do Círculo; mas antes Angel recomenda a seus aliados que tirem um dia para relaxar e fazer o que quiserem como se fosse o último dia de suas vidas. Após cada um curtirem o dia da maneira que achou melhor, todos seguem separadamente para a batalha final: Gunn destrói os vampiros do comitê e a senadora Brucker com um machado na testa; Ilyria destrói o Demônio Izzy; Spike salva o bebê de Amanda (do episódio 19) e acaba com os demônios que iriam sacrificar a criança; Lindsey decapta outros demônios do círculo, mas é morto por Lorne (a pedido de Angel, pois já sabia que ele tinha más intenções para após a batalha final) e vai embora (encerrando assim a participação da criatura verde de Pylea). Wesley não consegue vencer Cyrus Vail com magia e acaba sendo morto, mas Ilyria chega e vinga por Wes matando Vail. Como último desejo para o moribundo Wes, Ilyria se transforma na aparência de Winnired.





________________________________________________________________




_____________________________________________________________




_____________________________________________________



_____________________________________________________


_______________________________________________________




Começa o contra-ataque contra os sócios majoritários, porém
só Wes não obtém êxito.


Enquanto isso, Angel envia uma bebida envenenada para o Arquiduque Sebassis, e vai ao encontro de Hamilton (que havia descoberto o plano através de uma chantagem sexual para Harmony). A vampira secretária é demitida pela traição, e a luta segue com Angel apanhando feio de Hamilton (que possui uma super força); e mesmo com a chegada de Connor não é o bastante. Quando Hamilton faz um discurso de que o sangue ancestral da W&H corre por suas veias, nosso herói tem a idéia de beber um pouco desse sangue e morde Hamilton. Angel adquire uma super força e mata Hamilton com um forte soco que quebra seu pescoço. Connor recobra a consciência e Angel pede para ele fugir de Los Angeles. Em seguida o prédio da W&H desmorona por completo.




Hamilton se revela como o grande oponente para 
Angel na última temporada para TV


Começa a cair um temporal, Angel chega a um beco escuro e se reencontra com Spike, Gunn e Ilyria. Eles estão conscientes de que a eliminação dos membros do Círculo da Espinha Negra desencadeou uma reação em que os poderes malignos remanescentes ligados à W&H, vão revidar pra cima de Angel e os outros com seus exércitos de demônios e criaturas aladas. Angel transmite segurança aos seus aliados remanescentes, afirmando que a luta deve continuar, e quando a luta começa o último episódio termina, encerrando a serie.



Um exército de demónios é a reação em cadeia provocada 
pela destruição dos sócios majoritários, e nossos heróis precisam
manter a força!



Especula-se que quinta temporada de Angel rendeu bons índices de audiência na época, e tinha tudo para continuar mais uma temporada com o elenco principal; porém Joss Whedon não solicitou em tempo hábil a renovação de temporada com o canal The WB, com isso a serie se encerra por aí mesmo, só continuando anos depois em HQs.


Veja no vídeo a seguir como seria a abertura, se a 6° temporada de Angel realmente saísse do papel:


(Abertura criada por Fãs)




FILLERS EM DESTAQUE

Neste tópico resolvi elencar dentre os episódios que tiveram destaque pra mim, justamente os fillers (histórias paralelas à trama principal):



5X05 Life of the party

Ao promover uma festa de Halloween na W&H, Lorne se priva de dormir para poder organizar tudo. O caso é que a insonia num demônio Pyleano causa uma instabilidade em que tudo aquilo que ele sugere se torna realidade. Com isso vemos Gunn se mijando nas calças, Spike com muito otimismo; Wes e Fred num maior ''porre''; e Angel e Eve transando sem parar.
____________________________


5X06 The Cautionary Tale of Numero Cinco

Para destruir um monstruoso guerreiro azteca que está causando uma carnificina em Los Angeles, Angel recorre à ajuda do último de uma linhagem de guerreiros mascarados lutadores, que detiveram a criatura no passado.
_______________________________

5X07 Lineage


Roger Wydam-Price (que é integrante do Conselho dos Sentinelas), vai até Los Angeles para convencer Wesley a regressar à Europa para reerguer a sede do Conselho. Porém não é algo fácil, pois o relacionamento entre Wes e seu pai é turbulento.
______________________________


5X09 Harm's Way

Neste episódio, estrelado por Harmony, a vampira precisa provar sua inocência de que não matou um homem sugando seu sangue; e que foi algo tramado por uma colega que a inveja por estar num cargo importante de secretária do chefão da W&H.
____________________________



5X11: Damage

Uma caça-vampiros com problemas psicóticos, foge do manicômio e inicia uma serie de estragos em Los Angeles. Wes então solicita uma ajuda à Giles (que está na Europa), que envia uma pessoa da Inglaterra, especialmente para ajudar a capturá-la: Andrew Wells e suas assistentes Caça-vampiros.
______________________________



5X13: Why We Fight

Conta a história de Sam Lawson, um homem que foi vampirizado por Angel na metade do século 20 (única forma encontrada pelo vampiro de salvá-lo para que pudesse escapar de um submarino alemão nas profundezas do oceano). Lawson então quer acertar as contas com Angel pelo que ele fez, e mantém refém alguns aliados da Fang Gang.
_______________________________


5X14: Smile Time

Um grupo de demônios possuídos em bonecos, sugam as almas das crianças através de um programa infantil de TV: Smile Time. A Fang Gang decide investigar e reverter a situação. Um dos episódios mais aclamados da serie, e destaque para o Angel versão boneco.
____________________________





5X20 The Girl in Question



Para provocar uma trégua entre uma guerra de gangues demoniacas, Angel e Spike vão até a Itália para recuperar a cabeça do líder dessas gangues. Lá eles descobrem que Buffy está tendo um caso com o Immortal (um velho inimigo dos dois), e com isso se inicia uma busca para tirar Buffy do caminho dele. 


Nesse episódio ficamos sabendo que a Wolfrang & Hart possui um filial italiana, e Ilyria consegue assumir pela primeira vez a forma de Fred, para fingir à Roger e Trish Burkle de que a filha ainda está viva.

Ainda, outros personagens que conhecemos bem, participam do episódio com seus intérpretes, como: Andrew (Tom Lenk), e flash-backs com Darla (Julie Benz) e Drussilla (Juliet Landau). Já Buffy aparece somente de costas feito por uma dublê (Ver foto acima, pois Sarah Michelle Gellar não pôde participar das gravações de nenhum episódio da 5° temporada por estar na época, com agenda ocupada envolvida com cinema).




Nota para a temporada: 9
_______________________________________________




ANGEL QUINTA TEMPORADA

PONTOS POSITIVOS:

- De Sunnydale para Los Angeles. O personagem que conquistou os fãs de Buffy, teve mais uma chance para brilhar em seu spin-off. A presença de Spike na Firma ainda ligado ao medalhão da Wolfram & Hart mexeu com muitas tramas no decorrer da história.


- A interação entre Spike e Fred. A Física foi uma das primeiras que se simpatizou com a causa do vampiro em forma espectral e tentou ajudá-lo da melhor maneira possível. Dessas tentativas, criou-se uma grande Amizade. 


- A interação entre Spike e Illyria. Mesmo sabendo que não se tratava mais de sua amiga Fred, Spike foi um dos que mais bem receberam Illyria no novo mundo, servindo não só com treinamentos de golpes, como também como guia do novo propósito da Antiga na Terra. 


- A rivalidade entre Spike e Angel. Que eles são rivais lendários, todo fã do Buffyverse já sabe, mas nesta temporada, a rivalidade ultrapassou a questão de shipp de casais. No decorrer da história ficamos sabendo do porquê do retorno de Spike, e algo que envolve Angel e o status de Campeão dos Poderes que Valem. 


- A última vez dos nossos Seres amados das Trevas. Spike ainda protagonizaria ao lado de Angel, Darla e Drusilla, um dos melhores episódios da temporada (The girl in question). Já Harmony seria agraciada com um papel de destaque dentro da Firma diabólica e teria um desfecho que seria bem a cara dela. 




- A nova locação da turma. Pode ser controverso, mas a mudança de cenário fez bem a história da série, dando um fôlego instigante diante da união com a Wolfram & Hart. 


- O último crossover com Buffy. Damage nos trouxe as consequências do Feitiço de Willow na ativação das Potenciais e como a turma ajudaria a uma garota perturbada. 


- O centésimo episódio. Como em toda série, o episódio número 100 é especial. Aqui vimos Cordelia acordar de seu coma e se despedir de uma das maiores personagens do Buffyverse de forma espetacular e emocionante sendo o estopim da reviravolta de toda a trama.  


- Illyria. Se é pra falar de despedida, outra que nos deixou foi Fred. Mas ao contrário de Cordelia, a presença da nerd "maluquinha" que amamos foi substituída à altura pela onipresença da Guerreira Monarca Illyria, que conquistou muitos fãs pela grande atuação de Amy Acker. 


- "Você sempre se apaixona por garotas machucadas?". Outro importante personagem do Buffyverse brilhou de forma trágica. A sina de Wesley fica claro quando seu relacionamento com Fred chega até o fim, e para completar, o ex Sentinela vira a referência no mundo do Ser que infectou sua amada até o fim. 


- O Círculo da Espinha Negra. Nesta temporada enfim mergulhamos na espinha dorsal da Wolfram & Hart, que envolveu não só Vampiros e Demônios como também humanos. 


- O roteiro. Esta certamente foi uma das temporadas mais surpreendentes para os fãs. E se isso acontece, deve-se a uma gama de roteiros bem escritos. Pontos para os roteiristas!


- Jogo de Poder. Enfim entendemos o que a palavra "Jogo" tanto significou para a Wolfram & Hart, colocando Angel em uma posição delicada e heroica ao mesmo tempo. 


- O fim da Profecia Shanshu. Num ato extremamente heroico, Angel renuncia a sua única chance de se tornar humano em prol da grande Batalha pelo Bem. Por isso o personagem sempre foi diferenciado nesta questão.


- Mantendo a força. Em um final controverso, mas espetacular, Angel e sua turma acabam com o Círculo da Espinha Negra, mas provocam a Ira dos Sócios Majoritários que soltam sua força bélica pra cima dele, Gunn, Illyria e Spike, deixando uma mensagem edificante no final.  




PONTOS NEGATIVOS:

- Lorne. O Anfitrião que poderia ler almas ficou com uma função tão risível dentro da Wolfram & Hart que acabou até sendo vítima de um comentário irônico de um dos clientes. E pra terminar, Lorne foi incapaz de ler os planos do apalermado Knox, que selou o destino de Fred. 




- Ilustríssimo Charles Gunn. Outro personagem que perdeu força depois de vestir o terno foi Gunn. A motivação de que não queria mais ser os músculos da equipe além de fraca, ajudou a selar o destino da alma de Fred. Se não fosse pelo carisma, por isso o personagem seria um dos mais odiados dos fãs. 



- O retorno de Lindsey. Outro personagem decepcionante na série foi Lindsey, sempre confuso em qual lado atuar. Depois de um fim até digno na segunda temporada, o ex Advogado retorna querendo vingança contra Angel e se escondendo da Wolfram, deixando claro o quanto se perdeu na série.



- Knox. Insosso e sem nenhuma empatia, o personagem além de ser a pedra no sapato da relação Wesley e Fred, terminou como um eterno vilão odioso sendo a parte nociva da trama Fred/Illyria. 



- Personagens apagadas. Entram nesta gama Eve e Nina. A primeira seria o Elo dos Sócios com Angel, mas a falta de empatia logo fez com que os roteiristas criassem uma saída fraca para ela, sendo substituída por Marcus Hamiltom. Já a Loba Nina só apareceu para ser a relação carnal de Angel no fim de tudo. 




- O triste adeus de Fred. Que a Morte é o Dom do Buffyverse estamos cansados de saber (e lamentar), mas ter sua alma perdida consumida para sempre me pareceu muito cruel para uma personagem tão incrível. 



- Connor novamente zzzzz. Depois de presentear o garoto rebelde com um Lar, os roteiristas resolveram trazer o personagem de volta só para transformá-lo em mocinho ao lado do Pai. Algo desnecessário, confuso e totalmente avulso dentro da trama principal. 



- O "Não" de Sarah Michelle Gellar. Em duas oportunidades, a eterna intérprete de Buffy poderia ajudar a abrilhantar a temporada. Mas reza a lenda que a atriz teria se recusado sendo substituída por Charisma Carpenter e um vulto de costas. 



- Why? Muitos fãs não se contentaram com a cena final da série, que na época teria uma continuação. Reza a lenda que todos foram pegos de surpresa quando anunciaram o cancelamento, deixando-os órfãos....chorando na chuva.



5 Episódios que mais marcaram


01 - Conviction (Convicção):
Como parte de um crossover com o final de Buffy,
somos surpreendidos com Spike se materializando
no Escritório de Angel enquanto este  e seus amigos
tentavam se ajustar a nova realidade da Firma



08 - Destiny (Destino):
A rivalidade entre Angel e Spike chega a um ponto
crítico em que ambos são vítimas de uma armação sinistra



12 - You're Welcome (De nada):
Nossa adorada Cordelia acorda do coma para se tornar 
pela última vez o Elo importante entre Angel e sua missão
num episódio recheado de referências e emoções



15/16 - A hole in the World/ Shells
(No buraco do mundo/Concha):
A curiosidade de Fred a leva a um destino trágico
que nem mesmo Angel pôde salvá-la dessa vez.
Como consequência, somos apresentados a um 
Ser Antigo, poderoso e perigoso para a turma



20 - The girl in question (A garota em questão):
Spike e Angel partem para Roma atrás de informações
sobre um poderoso cliente da Firma, e uma novidade
envolvendo Buffy acaba colocando os dois 
campões em situações inusitadas e hilárias


Conclusão: A última temporada da série marcou uma despedida bem mais satisfatória ao público do Buffyverse. Embora houvesse algumas despedidas que nos fizeram chorar, o caminho até elas foi bem regrado com ótimas tramas em torno. Ou seja, tudo foi condensado no elemento primordial no que diz respeito aos Heróis. O sacrifício em prol de um Bem maior. Em suma, a temporada foi marcada por uma teia de acontecimentos em torno da grande batalha do início ao fim, e nem mesmo os episódios fillers conseguiram desfocar. A forma linear em que a trama se desenvolveu merece todos os créditos na temporada nos fazendo perder bons personagens e nos dando ótimos também. Uma despedida inesquecível pela qualidade de roteiro e produção acima da média. 

Nota para a temporada: 9

______________________________________________________

E assim chega ao fim as restrospectivas analíticas. Espero que tenham compreendido cada temporada, e que sintam vontade de assistí-las com base no que postamos!!!

2 comentários:

  1. Ótima retrospectiva. Sem dúvida, uma temporada surpreendente, mas que poderia ter sido melhor... Depois do dinamismo da temporada passada, esperava-se que essa começasse mais sussa para preparar o terreno para outro arco, ok, só que teve "fillers" demais.

    Sobre o cancelamento da série, que eu lembre, Joss recebeu a notícia, após o episódio 100, de que a 5ª temporada seria a última... Perceba que pouco depois dele as coisas começam a esquentar rapidamente considerando os episódios passados, o que não foi ruim, pelo contrário, ajudou a série a ficar mais dinâmica.

    "The Girl in Question", pra mim, é um dos episódios mais fracos da temporada, e se torna pior por ser logo o ante-penúltimo, que é onde a série já deveria estar engatando pro auge.

    O retorno de Connor foi essencial por 2 motivos:

    1º - Serviu para que o acordo de Angel fosse desvendado;

    2º - Pra apagar a má fama que o personagem tinha, nesse episódio ele mostrou que também pode ser legal e maduro.

    Gostei do "New Gunn", vimos um outro lado do personagem e as consequências de quando tentamos ser o que não somos (machucamos quem nos quer bem). Falando em consequência, essa palavra amarga atingiu a todos, cada um ali da Fang Gang pagou o preço por aceitarem gerenciar a W&H, e por mais que isso seja "ruim" de vê, dá um ar mais verossímil.

    Sendo uma temporada pós-fim de Buffy, eu queria muito que tivesse mais participações especiais do show da caçadora. Riley? Dawn? Giles? Willow? Faith? E, claro, Buffy?! (esta eu sei porque, infelizmente, não apareceu).

    Anyway, vários outros rostos podiam ter dado a cara no andar da carruagem, como a Gwen, a Gangue do Charles e a Kate. Mas como o que está feito, está feito, só nos resta assimilar.

    Muitos odeiam o final da série, já eu, adoro, é como o Angel uma vez disse sobre o mundo em que viviam: "É duro e cruel". Um final trágico, mas poético e corajoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, eu não "rebater" as suas opiniões, até porque já escrevi na review minhas impressões.

      Mas tenho que falar sobre The Girl in question. Vc abordou um ponto que não tinha pensado. O episódio foi bacana, mas me pareceu filler, portanto, deveria ter sido antes. Bem colocado e eu não observei.

      Quanto a notícia do fim da série, li uma crítica do UOL que disse que eles foram pegos de surpresa. Esperavam gravar a sexta temporada. Joss teria perdido o prazo de entregar o projeto. Portanto, eu não sei qual informação estaria mais correta, mas conhecendo os meios de comunicação e o quanto eles erram em relação a séries de Tv, o UOL deve ter se equivocado. Pela matéria, Joss não teria recebido nenhuma notícia antes do fim. Achoque a cena final sem desfecho criou muitas especulações.

      Mas fato que infelizmente ANGEL terminou, e mesmo com este percalço, conseguiu entregar um final digno.

      Valeu pelo comentário!

      Excluir

Obrigado pelo seu comentário! Continue nos acompanhando!