quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

[Eu só tenho olhos para você] Reparos (Amends - BTVS S03E10)


“Ruas de Dublin, 1838. Um rapaz tenta fugir de algo muito perigoso. Está angustiado por demais pra poder pensar. De repente é agarrado por mim. Um homem com sentimentos muito ruins, de face demoníaca que parece se divertir com o sofrimento dele. O estranho é que parece que Daniel muito me conhecia, pois diante daquela face, pergunta se eu era mesmo humano. Respondo com uma agradável ironia da época que “ultimamente não era” e vou mais além, dizendo estar com fome e como o pobre rapaz se encontrava em débito comigo...me pagaria de uma outra maneira. Aterrorizado, Daniel só tem tempo de declamar algumas frases picotadas do Salmo 23 antes que peça para ele se animar, afinal, era Natal.” 

Acordo de sobressalto por mais um sonho, pesadelo, lembrança....Enfim, mais uma noite mal dormida da minha existência. Preciso sair para espairecer, tentar esquecer....

"Com presentes na mão depois de esperar que uma das últimas lojas fechassem, dou de cara com ele! De novo! Aquele que eu jurei para Giles e meus amigos que não iria mais ver depois de toda a confusão envolvendo o fato de ter escondido de todos que ele havia voltado. Fiz a ele uma pergunta estúpida. Se estava fazendo compras como eu, e claro, ele sem rodeios, respondeu que não, embora o Natal não seja uma regra de vigília entre os vampiros. Então falei a ele sobre minha preocupação sobre a Loja de Discos que não poderia fechar antes de eu completar minha lista. Ele nem parece ter ouvido quando vi em seu rosto uma expressão que me deixou intrigada. Ele olhava para um ponto da rua, parecia ter visto algo que o assustou de verdade."


"Pela manhã, contei minhas impressões para Xander e Willow. Xander, como “fã” de Angel, ficou cheio de ironias com o fato dele ter agido estranho e o por que de Giles ter ficado indiferente a isso, até que cortei a dele. Chega! Passado é passado! Willow foi mais compreensiva e chegou a falar sobre a depressão da data que pode acometer até mesmo os vampiros, mas eu só queria um Natal calmo e tranquilo. Falamos sobre nossos planos sobre o Natal. Como é judia, Willow não tinha muito o que “comemorar” tradicionalmente com presentes, árvores e tudo que tinha direito na época. Ela e OZ tinham combinado algo, mas com tudo que aconteceu depois do beijo entre ela e Xander, ficou difícil. Xander falou dos planos de passar do lado de fora da ceia familiar, e foi novamente cortado, dessa vez por Cordelia, que ainda magoada, voltou a velha forma de sempre. Ela iria esquiar, fugindo do intenso calor do que chamou de "Suandodayle". Diante disso, e ainda mais inflamados pelo espírito natalino, pensamos em perdoar Cordelia, até que OZ apareceu diante de Willow. 

A noite chegou e em mais uma de minhas incursões de preparação para o Natal, fui até a uma exposição de árvores com minha mãe. Estudamos as melhores enquanto ela propôs que eu convidasse Faith para a ceia. Não achei uma boa ideia, afinal, eu e a outra caçadora não estávamos nos falando. Porém minha mãe, que era a campeã do sentimento de culpa, me fez entender que é justamente nesta época que meu coração teria de ser mais aberto às nossas diferenças. Porém toda aquela segurança foi embora quando mencionei convidar o Giles. Ela logo cortou e sugeriu que a gente se separasse. Suspirava de tédio até avistar algumas árvores diferentes. Pareciam mortas em um local específico em meio a tantas vivas ali presentes. O vendedor até queria me fazer um desconto. Dispensei. Não pelo preço, mas sim pelo fato daquelas árvores terem me dado calafrios."


"Fogo, velas, ossos, homens encapuzados, um cântico arrepiante e uma face aterrorizante sem olhos. Acordo novamente de sobressalto. Preciso de ajuda e infelizmente sei a quem devo recorrer. 

Ele abriu a porta pensando ser alguém que gostaria de ver. Sua face logo mudou de fisionomia e aquilo me incomodou. Era o primeiro passo para uma tentativa incerta. Peço desculpas por incomodar e ele sorri de forma irônica. Giles não era deste tipo, mas depois de tudo que sofreu em minhas mãos, sua resposta e reação foram bastante compreensíveis. Eu tinha que seguir em frente, precisava passar por isso. Tinha que tentar. Peço ajuda a ele, e ele acha engraçado. Rogo que não tinha este direito, tentando fazê-lo entender que não tinha mais ninguém para recorrer. “Está bem”, responde o Sentinela ao entrar para dentro e retornar com uma besta na mão me convidando pra entrar. 

Comecei a lhe contar sobre os sonhos vívidos que venho tendo e especialmente o indaguei o porquê de ter voltado afinal, deveria ter passado toda a eternidade em uma dimensão de tormento infernal. Ele concordou comigo nessa parte. Mas pra mim, saber a resposta dessa questão me daria Paz de espírito. Ele também concordou com isso. De repente, algo me impressionou novamente. Uma outra visão. Era Jenny, a professora que eu havia matado no ano passado e causado toda a dor em Giles. Ele falava sobre isso quando se intrigou com minha face. Ele não podia ver Jenny, que parecia se mostrar apenas para mim. Isso me perturbou demais. Tive de sair correndo deixando Giles sem nenhuma resposta."


"Se quem inventou a expressão “A noite é uma criança” tivesse passado pelos bocados que venho passando, reveria o conceito dessa frase. Tentei mais uma vez dormir em Paz, mas ela parece ter me abandonado. Agora pareço estar numa festa burguesa do século 18. Muitos convidados ao centro, mas me encontro nas sombras tentando convencer a uma jovem a ficar comigo. Ela tenta se esquivar falando de sua condição no trabalho e de seu filho, que ficaria sem alguém para sustenta-lo. Já sem paciência, eu agarro ferozmente seu braço e peço para que ela grite, faça um escândalo se puder, mas que não sairia dali sem o que eu queria. Ela concordou resignada, e depois ficou aterrorizada com minha face de vampiro. A última coisa que ela disse foi algo sobre seu filho, que pra mim não importava, pois seria uma ótima sobremesa. E quando terminei de me alimentar daquela pobre criatura, eis que vi Buffy no centro da festa, olhando perplexa pra mim, ou melhor, para minha face demoníaca. Diante do choque, acordei novamente!"

"Estranho...seria mais que um pesadelo comum? E logo com Angel, ou pior, Angelus! Fui até Giles e expliquei a ele que havia coisas neste sonho que eu não poderia saber, afinal, era o passado do Angel como Angelus e de algum modo eu tinha sido sugada para dentro dele. Giles então me contou que Angel já havia o procurado e que já começara sua pesquisa para responder a esta questão. Pedi para fazer parte da pesquisa também. Giles tentou ser relutante, mas o convenci de que não estava mais com aquelas intenções de antes. Havia me afastado, mas que não poderia totalmente fazê-lo se ainda estivesse aparecendo no sonho dele. Ganhamos um reforço inesperado. Xander, que segundo o mesmo teria batido nele o espírito natalino, Hanukah ou seja lá o que for. Willow se juntou a nós depois, afinal, parecia que também tinha uma vida social ridícula segundo Xander."


"Impossível tentar dormir. Me levanto e dou de cara com Jenny mais uma vez na porta da minha mansão. Me recuso em acreditar que ela está ali, mas ela responde que sempre esteve. Peço que me deixe em Paz e pergunto o que quer de mim. Ironicamente, ela responde que queria envelhecer e morrer ao lado de filhos e netos numa cama bem quentinha, mas que isso não poderá mais ocorrer graças a mim. Digo que sinto muito, mas ela quer que eu não sinta por ela, afinal, já estava morta, e sim por mim mesmo. Tento me mostrar totalmente arrependido por tudo que fiz, mas não parece o bastante para Jen...não espera! Daniel? O que está havendo? Ele alega só querer me mostrar quem eu sou realmente. 

O que antes era a visão de Jenny, Daniel, agora se tornou muitas e excruciantes. Cada qual com uma história horrível sobre meu passado pra contar. Todas aquelas visões abomináveis tentam me fazer acreditar que eu não era nem um animal, afinal, os animais matam para sobreviver e não por prazer. Rebato dizendo que não sou um animal, e sim um homem. Já tinha sido um homem. Mas meu passado é duro demais pra se apagar e nem mesmo como o jovem Liam, meus pecados poderiam ser perdoados. Estou quase no limite e Jenny, ou sei lá o que for, tenta me convencer que o único talento que tive foi ser cruel. Então ela me mostra algo que pra ela é o meu destino."


"Estava pensativa demais, como se esperando por algo. Desejando algo. E foi então que ele veio. Como um vampiro na madrugada e me tomou em seus braços. 

É maravilhoso poder tocar, amar, sentir a quem amo. É um tipo de sentimento que completa dois corpos, une dois corações. É uma felicidade perfeita! Ops...ai Deus não! Tudo ia bem, até um desejo incontrolável de bebê-la. 

Espere! O que foi isso? Quem é este homem de pé ao lado da cama?

Não!!! Meu coração se pudesse bater, estaria acelerado. Jenny ainda está aqui me incitando a pegar o que quero de toda a minha alma, que ao menos parece intacta. Me recuso, mas sinto que estou fraquejando. Até quando poderei suportar? 


"Tudo é muito esquisito, foi tão vívido. Giles parece estar progredindo na pesquisa. Ele fala sobre um tal poder ancestral que chama de O Primeiro, o Mal original, mais velho que o homem e Demônio. E ele pode sim ter tido o poder de trazer Angel de volta. Olho para uma das páginas e uma imagem me chama atenção. Homens encapuzados sem olhos. O mesmo que estava no meu sonho. Giles quis saber sobre o que estava sonhando, mas logo desconversei. Depois me explicou que estes caras são conhecidos como Arautos, Sacerdotes, portadores do Primeiro que podem incorporar ou se apossar das pessoas em nome dele. Logo concluo que são eles que estão enfeitiçando Angel. No entanto, minhas ações ficam um pouco limitadas, afinal, segundo Giles eu não posso enfrenta-los. A menos que os ache. Estava na hora de uma conversinha com o Willy, que como sempre não ajudou muito, mesmo com as “intimidações” de Xander. Eu não sabia por onde começar a procurar por 1 milhão de esgotos da cidade no subsolo. Precisava de algo mais específico. 

“O Anjo em cima de novo?” Me assustei com a pergunta feita pela minha mãe, mas ela só queria saber se o Anjo da árvore de Natal iria no topo.....(momento pensamento impuro kkkk). Mas só por segurança escolhi a estrela. A campainha toca e pra minha boa surpresa é Faith, que confessou não ter pra onde ir. Ela trouxe dois presentes, que gentil! Decido subir rapidamente para meu quarto e uma surpresa intrigante......

"Eu precisa vê-la. Era uma força maior que eu naquele momento. E como ela estava linda com aquele pescoço que tanto amo à mostra! De relance olho para a cama dela e o desejo agora parece mais forte do que nunca com a presença de Jenny, ou o que ela representa, no quarto dizendo que Buffy também deseja o que eu desejo. Peço para ela ficar longe de mim, mas eu mesmo não consigo me afastar. Estou indo desesperadamente na direção dela. Ela tenta me conter, me dizendo o quanto posso estar confuso, mas ela mesma parece confusa e assustada. Eu queria a Paz! Só isso! Então decido que não podemos mais nos ver antes de sair atormentado pela janela dela."


"Tínhamos de fazer alguma coisa senão poderíamos perder o Angel. Recorri ao Giles e pedi que encontrasse os Sacerdotes. Pesquisamos durante horas até que ele encontrou uma menção sobre eles “Eles são os portadores da morte, nada poderá crescer acima ou abaixo deles....” De repente tive uma forte impressão quando Giles leu esta frase. Peguei o livro de sua mão e logo descobri onde eles poderiam estar."

"Continuava me recusando a matar Buffy! Mas Jenny insistia que era o que eu queria, desejava. Uma dor dilacerava minha alma quando pensava nas palavras daquele demônio com o rosto da adorável professora. Mais cedo ou mais tarde eu iria bebê-la, profetiza. Será? Não poderia correr este risco, então tomei uma decisão definitiva, que a princípio não agradou a ela, mas depois o Monstro meio que se conformou."


"De repente estava em meio aquelas árvores mortas da exposição. Cavei bastante e entrei até o subsolo que o Willy mencionou. Encontrei o lugar, me deu calafrios ao ver aqueles homens encapuzados entoando uma espécie de mantra maligno. Como estava com muita vontade de bater em alguém, sobrou fácil pra eles e quando finalmente desmanchei aquele circo, eis que surge diante de mim algo com o rosto de alguém bem familiar. Eu sabia que não era Jenny e ela logo foi desfazendo esta impressão ao declamar em alto e bom som que era algo que eu não poderia conceber. Sim, estava diante do Primeiro mal, o original, que se vangloriava de ser tão poderoso e onipresente em cada coração, em cada Ser, em cada pensamento....eu logo cortei a dela/dele e ele/ela revidou dizendo que Angel estaria morto ao nascer do Sol. O meu Natal seria a vigília dele. E quando eu a provoquei, ele logo se transformou numa sombra chifruda e maligna. Foi horripilante, confesso! “Morte ao nascer do Sol!” Foi a última coisa ecoando no ar que ouvi antes de correr ao encontro de Angel."



“ – Angel!

- Muitas crianças lá embaixo já estão acordadas, deitadas em suas camas, descendo escondidas, esperando amanhecer....

- Angel, por favor, eu quero que você entre! Faltam só alguns minutos! 

- Eu sei posso sentir o cheiro da manhã antes que ela chegue.

- Eu não tenho tempo pra explicar nada, mas vai ter que confiar em mim. O que estava perseguindo você....

- Não estava me perseguindo. Estava me mostrando. 

- Mostrando?!?

- O que eu sou.

- O que você foi.

- E sempre serei. Eu queria saber porque voltei. Agora eu sei.

- Não, você não sabe! O Grande Mal leva o crédito por trazer você de volta e você cai nessa!? Você desiste? 

- Não posso fazer de novo! Não posso me tornar um assassino!

- Então lute!

- É difícil!

- Por favor, Angel, você tem que ir lá pra dentro!


- Me mandaram matar você! Estava no sonho, sabe disso. Me disseram pra perder minha alma em você e me tornar um monstro de novo. 

- Eu sei o que disseram. E isso importa?

- Sim, porque eu queria tanto isso! Me confortar em você....eu sei que custaria a minha alma e parte de mim não se importa. Eu sou fraco, nunca mais serei nada! Não é o Demônio em mim que precisa matar Buffy, é o homem! 

- Você é fraco, todo mundo é, todo mundo falha. Talvez este Mal tenha trazido você de volta e se trouxe é porque precisa de você. Significa que você pode feri-lo. Angel, você tem o poder de fazer o Bem, de fazer reparos, mas se você morrer agora tudo que conseguiu ser foi um Monstro! Por favor, o Sol tá nascendo.....

- Vai embora!

- Não!

- Acha que isso é simples? Que tem uma resposta fácil? Você nunca poderá entender o que eu fiz, agora vá!

- Você não vai ficar aqui. Eu não vou deixar!

- Saia! Será que vale a pena me salvar? Será que eu sou um homem honrado? O mundo quer que eu desapareça.

- E eu Angel? Eu amo tanto você. Tentei fazer você sumir, matei você e não adiantou. Eu odeio isso! Odeio por ser tão difícil! E porque você pode me magoar muito. Eu sei de tudo que você fez porque você fez comigo. Deus, queria desejar que você morresse! Mas não, não posso! 

- Buffy por favor, só desta vez me deixa ser forte!

- Ser forte é lutar. É difícil e doloroso, e é todos os dias. É o que devemos fazer e podemos fazer isso juntos. Mas se você for covarde demais pra isso, então morra! Se eu não posso convencer você de que pertence a este mundo, então ninguém pode. Mas não espere que o convença ou que chore por você, porque......”



Neste momento palavras são inúteis. Só mesmo a contemplação do momento único da neve caindo na calorenta Sunnydale. Seria milagre de Natal? Eu vou mais além. Chamo de milagre de Amor. 

E é justamente neste mesmo espírito que todos nós, amantes do Buffyverse, devemos passar por mais esta data juntos, unidos como amigos, irmãos, numa família na Paz e União. 


Que todos os nossos dias e natais sejam permeados com o mesmo espírito de Amor e coragem de Buffy e Angel nessa passagem maravilhosa de suas histórias. 

Desde já, venho desejar a todos um Feliz Natal e próspero Ano Novo! 

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

[Campanha] Angel na Netflix, é hora de agir! (Parte II)

Por William Gunn






   O ''pontapé inicial'' da campanha aconteceu, em que se corre contra o tempo para solicitar à Netflix a inclusão da serie Angel entre seus titulos. Desde então, nós caçadores reservamos individualmente, momentos para também contribuir, indo pedir ao canal que adicione o seriado. 
   Caso você ainda não tenha feito, reserve um tempinho de seu acesso à internet e solicite a serie através do Chat de Atendimento ao Cliente. Não é necessário ter cadastro, mas uma enorme vontade de ajudar a essa campanha que trará a serie Angel completa na versão dublada e uma excelente base para a legendagem para quem curte a versão original.
   Por hora veja esses quatro diálogos que tive com quatro atendentes distintos (e lembrem-se que com sua colaboração, o re-lançamento de Angel no Brasil, mesmo que somente via online, se tornará realidade!):




04/12/14

Netflix Sadan
Olá! Tudo bem? Meu nome é Sadan! Bem vindo ao nosso Chat! Com quem eu falo, por favor?
You
Boa noite Sadan! Você fala com William!
Netflix Sadan
Boa noite, William! Em que posso ajudar hoje?
You
Bom Sadan, gostaria de saber em que situação está a aquisição da serie Angel (do mesmo criador de Buffy a Caça-vampiros) pela Netflix...
You
(Se está em andamento, concluído...)
Netflix Sadan
Ah, legal! Vou te ajudar com isso agora mesmo! Que bom que você entrou em contato para falarmos sobre isso! Nós trabalhamos muito em cima das sugestões dos clientes. No momento ainda não temos uma previsão da série Angel. Mas irei reforçar agora mandando novamente como prioridade. :)
Netflix Sadan
Tenho certeza que o pessoal responsável está cuidando disso da melhor forma possível! :)
You
Bacana! É que assim como eu tem muitos fãs daqui de Salvador/BA (e de outras partes do Brasil) que gostariam de estar acompanhando a serie online em sua versão dublada...
You
Para reforçar a sugestão, poderia encaminhar junto esse anexo que contém uma petição: http://www.4shared.com/file/86EdT_QTba/_Petio__Angel__verso_Final_.html?
Netflix Sadan
Sim, sim. Concordo com você! Afinal, essa série é um clássico kkk assistia muito! Ah, sim! Pode deixar com a gente! :) Ah, uma série boa que temos, que eu já acho que será um novo clássico, é a série Bones. faz muito sucesso na Netflix! :) Já assistiu?



__________________________________________________________________________________________

09/12/14

Netflix Alexya
Seja muito bem vindo ao mundo mágico da Netflix! Meu nome é Alexya, estou aqui para te ajudar :D. Com quem falo ?
You
Olá Alexya! Você fala com William!
Netflix Alexya
Prazer em conhecê-lo William! Como posso te ajudar?
You
Gostaria de saber uma informação: vocês estão negociando a aquisição da serie Angel (1999-2004) para incluí-lo no catálogo??
Netflix Alexya
Irei verificar aqui no sistema agora mesmo William, te peço só um instantinho, tudo bem?
You
OK!!!
Netflix Alexya
Bom, enquanto verifico aqui me fale, quais são as suas outras séries preferidas?
You
Buffy, a Caça-Vampiros, Hércules, a Jornada Lendária, Xena a Princesa Guerreira, Macgyver...
Netflix Alexya
Nossa, que bom gosto William!
Netflix Alexya
Aliás, verifiquei aqui e vou te explicar:
Netflix Alexya
Bom, a Netflix trabalha com contratos junto com as produtoras, cada série possui um contrato diferente, que define seu áudio, legenda e prazo de disponibilidade aqui.
Netflix Alexya
Bom, a Netflix já está trabalhando no contrato junto com a produtora, porém, a produtora ainda não nos deu um prazo autorizado para disponibilizar
Netflix Alexya
Mas não se preocupe, assim que essa série super legal Angel chegar á Netflix, você irá receber um email notificando sobre as datas de estreia e tudo o mais :)
You
Que ótimo que estão tentando negociar a serie. Conheço muita gente em Salvador/BA que gostaria de assistir a serie dublada...
Netflix Alexya
Fique tranquilo, logo logo você irá ver essa série tão bacana aqui na Netflix (:
You
Continuem persistindo na negociação, garanto que não se arrpenderão, e de quebra ganharão muitos assinantes....
You
Veja um anexo de uma petição online assinado por fãs....
You
https://www.4shared.com/file/86EdT_QTba/_Petio__Angel__verso_Final_.html?
Netflix Alexya
Perfeito, vou envia-lo ao setor responsável
You
(Será sucesso no número de assinantes, assim como foi quando a serie Buffy chegou à Netflix!)
Netflix Alexya
Acredito em você, tenha certeza que logo estará aqui :)



__________________________________________________________________________________________
12/12/14

Netflix Charles
Olá, boa tarde.Seja bem vindo ao nosso Chat, Capitão Charles as suas ordens.Com quem eu falo?
You
Como vai Capitão Charles, você fala com William!
Netflix Charles
Opaa prazer em conhecer Tenente William =).Quais são as ordens? =)
You
É o seguinte Capitão, gostaria de saber como está o processo de aquisição da serie Angel (dos mesmos criadores de Buffy, a Caça-Vampiros), para ser incluído na Netflix Brasil??
You
(Está em andamento, concluído, ou nem começou)
Netflix Charles
Ahh sim ótima pergunta Tenente. Só um instante que irei verificar essa informação na central da Nave Netflix e já te trago informações =). Só um momento.
Netflix Charles
Tenente William.Verifiquei com os tripulantes da central da nave Netflix.Em relação a conteudo que você solicitou, por enquanto não há previsao para adicionarmos Angel que por sinal é show de bola =), estamos aguardando a resposta da produtora para realizar contratos para adicionarmos o quanto antes ao catálogo. Mas não se preocupe assim que tivermos novidades você será notificado por email pode ter a certeza disso =), 2015 vêm ai como muitass novidades para você curtir pode confiar que sim.
You
Que bom que a tripulação está em andamento das negociações, para que essa concluída o quanto antes!!!!
You
Pra reforçar a solicitação: segue a petição online feita por fãs da serie que assinaram a favor de Angel na Netflix: http://www.4shared.com/file/86EdT_QTba/_Petio__Angel__verso_Final_.html?
Netflix Charles
Com certeza =) Estamos trabalhando nesse processo de contratos com as produtoras para que em breve tenhamos novidades =).
Netflix Charles
Humm esses link o sistema não me permite em abrir, mas acredito em você e nos pedidos dos fãns da Serie de Angel =)
Netflix Charles
Tenho a plena certeza que em 2015 garante novos conteudos inclusive a serie Angel ^^
You
Assim espero! Obrigado pela atenção! Permissão para retirar-me Capitão!!!


__________________________________________________________________________________________
17/12/14

Netflix Thais
Olá, seja muito bem vindo ao Chat Netflix! Com quem estou falando?
You
Oi Thais, você fala com William!
Netflix Thais
Willian, tudo bem com você?
You
Comigo sim, e espero que contigo também!!
Netflix Thais
Ah sim estou bem, é um prazer falar com você em que posso ajuda-lo Willian?
You
Bom Thaís eu quero reforçar uma sugestão de serie que a Netflix precisa adquirir e disponibilizar como título. Trata-se da serie Angel (dos mesmos criadores de Buffy, a Caça-Vampiros)...
You
Gostaria de estar assistindo essa serie na versão dublada, quando me tornar assinante do canal!
Netflix Thais
Nossa que bacana essa serie :) não se preocupe eu vou reforçar seu pedido.
You
Que ótimo, pois caso a serie seja inclua, conseguirei trazer mais assisnantes!
Netflix Thais
Entendo! Porém a disponibilidade dos conteúdos assim como a resolução depende dos produtores. Pode ter certeza, estamos trabalhando para melhorar cada vez mais. Estamos sempre em negociações para disponibilizar cada vez mais opções, pois precisamos da liberação junto a eles devido aos direitos autorais. Mas ja encaminhei para o departamento de conteúdo sua sugestão.
Netflix Thais
Pois o nosso objetivo é sempre agradar os nossos cliente, e sua opiniao é muito importante para nosso crescimento.
You
Obrigado Thais pela atenção! Por hora só tive mesmo essa solicitação a fazer!!!
Netflix Thais
Denada, eu que agradeço pela sua sugestão vamos o possivel para que esteja essa serie disponivel ja para 2015. Mas qualquer coisa é só chamar aqui ok! :)



terça-feira, 9 de dezembro de 2014

[Versão Brasileira de Dublagem] a Voz da Faith (Gabriela Bicalho)

Por ''William'' Gunn







   Gabriella Bicalho é dubladora e diretora e já atua no mercado há mais de 30 anos. Trabalhou como diretora na (extinta) Herbert Richers e atualmente é diretora na Delart e na Alcatéia (Rio de Janeiro). Ela é irmã da também dubladora Isabella Bicalho. Como dubladora, ao longo dos anos, Gabriela participou de vários filmes (sendo considerada a principal voz brasileira da atriz Michelle Rodriguez), seriados e desenhos, porém seus mais notáveis foram:



SERIADOS:

Buffy, a Caça-Vampiros (Buffy, the Vampire Slayer) - Faith Lehane (Eliza Dusku)

Angel - Faith Lehane (Eliza Dusku)


Eu, a patroa e as crianças (My wife and kids) – Vanessa Scott Kyle (Brooklyn Sudano)

Um maluco no pedaço (The Fresh Prince of Bel Air) – Ashley Banks (Tatyana Ali)

Smallville - Saturnia/ Inra Ardeen (Alexz Johnson)

Power Rangers SPD - Elisabeth Z Delgado / Ranger Amarela (Monica May)


NOVELAS:

Rebelde - Alma Rey (Ninel Conde)

Carrossel (Versão mexicana) – Cirilo (Pedro Javier Viveros)


DESENHOS/ANIMES:

Yu Yu Hakusho - Yukina (1° dublagem e redublagem)

Luz, Drama, Ação / Ilha dos Desafios - Beth


FILMES:

A atriz Michelle Rodriguez em: Resident Evil: O Hóspede Maldito e Resident Evil 5: Retribuição; Boa de Briga; Velozes e Furiosos (dublagem da rede Globo); Swat - Comando Especial; Avatar; Invasão do Mundo: Batalha de Los Angeles;

Eliza Dushku em As Apimentadas (dublagem da TV paga)







sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

[The Slayers Brasil] 1 ano de Culto às series Angel & Buffy na Internet Brasileira

   Como o tempo passa depressa. Há exatamente 1 ano, estreava o nosso portal na internet. Com um breve prólogo mostrando os fatos antecedentes que provocaram esse surgimento, o portal The Slayers Brasil chegou mostrando desde já que queria (e ainda queremos) alcançar um objetivo diferente de qualquer outra página brasileira (site, blog, comunidade) que trata(va) sobre Buffy e Angel: abordar todos os aspectos e essencias, explorando o que nunca foi explorado até hoje.








   E depois de 1 ano, podemos dizer que parte da meta foi cumprida, pois percebe-se isso logo de cara, através da classificação de nossos posts em seções (em que cada um aborda um aspecto relacionado a serie, desde os dublês, até os dubladores brasileiros por exemplo). Ainda sim, estamos longe do ideal, pois precisamos intensificar mais ainda conteúdos relacionados ao seriado do Angel (pois é também somos vítimas indiretas da supremacia dos conteúdos de Buffy em contraste com o ostracismo de Angel no Brasil), e explorar muito mais as seções.

   Praticamente, o mérito dessa conquista de 1 ano de funcionamento se deve a você fã internauta, que prestigia o portal, motivando a continuação do mesmo.; e claro ao empenho dos nossos blogueiros Caçadores:






''Teel'' Faith Lehane


''Rafael'' Xander Harris


''Dave'' The Bloody


Anya ''Tai'' Jenkins


''William'' Gunn



   Apesar disso, nesse 1 ano de atuação, nosso elenco blogueiro enfrentou (e ainda enfrenta) dificuldades para colaborar com o Portal, tanto que quem detém a maior parte das postagens são a Buffy ''Flávia'' Summers e o ''William'' Gunn. O caso é que assim como acontece muitos sites de entretenimento (em que dedicamos nosso tempo de lazer, ao invés de ser algo com fins lucrativos), eles(as) ''sufocados',' contra a vontade, pela vida offline (trabalho, estudo...), no que impede de estar por mais tempo dedicando-se ao portal. Ainda sim, o amor deles pelas series Buffy & Angel é maior eles se esforçam ao máximo possível para participar e trazer alegria ao internauta, com conteúdos relacionados, e prometem reverter a situação a partir de agora!

   Enfim, é só uma pequena nota para simbolizar a comemoração de um ano de funcionamento do portal, que ainda está longe do ideal supremo que almejamos, mas que estamos aos poucos alcançando e consolidando o pretendido!!

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

[Mortos pela Morte] Allen Francis Doyle – O Herói que entrou para a eternidade


Ele surgiu no Buffyverse de mansinho, mas logo ocupou seu lugar como um guia, um farol para iluminar a direção do entristecido Angel na grande e solitária cidade de Los Angeles. O vampiro havia acabado de desfazer seu romance com Buffy mudando-se de Sunnydale deixando para trás seu único Amor. O primeiro sacrifício que Angel faria para um Bem maior, mesmo que ele mesmo ainda não soubesse. 


O trauma dessa providencial separação, fez Angel se fechar perigosamente em seu mundo de escuridão, sem o contato com os humanos. É aí que entra Doyle, um importante aliado e elo dos chamados PQV (Poderes que valem), que durante algum tempo usa as visões enviadas pelos Poderes para guiar Angel em sua boa luta contra as forças das trevas. De pai Demônio e mãe humana, ser mestiço equilibrava as coisas para ele, sendo por exemplo, as visões menos torturantes como eram para Cordelia. Mesmo sabendo de sua importância dentro do eterno jogo entre o Bem e o Mal, sua fragilidade humana o deixava à margem de grandes heroísmos perdido em sua identidade. Ao encontrar Angel, o Campeão do Bem e ajudá-lo em sua missão de redenção, Doyle encontrou também o significado de heroísmo nos últimos momentos de sua existência.


Estes momentos começam no episódio Hero da primeira temporada quando ele ouve de Angel sua maravilhosa aventura com Buffy na cidade ao se tornar humano e poder se realizar com seu Amor. Final feliz? Longe disso, pois o Vingador da noite percebeu que ele e a Caçadora não pertenciam a si mesmos e sim ao mundo, salvando pessoas como guerreiros do Bem. Assim Angel pediu aos Oráculos que voltasse no tempo e apagou aquele dia da memória de todos, com ele de exceção. Um ato de heroísmo que intrigou Doyle, que pensou nunca ter este mesmo tipo de coragem, afinal, ele sempre colocou os prazeres da carne em primeiro lugar. 

"Só conhecerá sua força se for testado"

A vontade era grande, mas o fato é que Doyle não tinha mesmo como fugir da responsabilidade. Quando tem mais uma visão de um grupo de Demônios sendo atacados, ele e Angel vão de encontro a estes seres tomados pelo medo depois de serem impiedosamente perseguidos por um grupo radical chamado de “Os Chicotes”, cuja intenção é exterminar qualquer Demônio que tenha sido infectado com humanidade. A caçada é implacável e a matança inevitável. Triste constatação do meio-Demônio ao se lembrar do dia em que virou as costas a um dos seus diante deste inimigo em comum. 

Do descaso ao arrependimento nascia um herói

O passado começava a ficar para trás quando ele corrigiu o erro com esta nova oportunidade de ajudar. E agora ele não estaria sozinho, pois Angel, tido como o Prometido que libertaria os oprimidos da raça, e Cordelia com seu enorme coração, o auxiliariam nesta batalha derradeira. A primeira missão no caso foi resgatar um Demônio adolescente que assim como ele, insistia em negar seu lado. A experiência de Doyle neste caso e a confiança que sempre tinha em Angel o fizeram forte o suficiente para encenar com o vampiro um plano de que estaria morto para que Angel conquistasse a confiança dos Chicotes. Doyle sempre soube que o lado que mais desprezou era na verdade seu lado mais forte. Forte o suficiente para enfrentar seus algozes e devolver o jovem Demônio ao anseio de sua família antes de uma fuga. 

Um plano elaborado com o seu lado mais forte

Sua paixão por Cordelia é um caso à parte e de consequências importantes para o Buffyverse. Como soube da repulsa da patricinha por estes seres, escondeu seu lado Demônio e assim mal tinha coragem de convidá-la para sair até que a verdade veio à tona por meio de um dos seus. A princípio, Cordelia ficou irada, mas depois também entendeu e aceitou este lado do amigo, que num último gesto de epifania, beijou a mocinha passando para ela as famosas visões que a levaria a ser um dos maiores heróis deste Universo. 

"Nunca saberemos se este é o rosto que você poderia amar"

E quando enfim, chegou o momento, Doyle entendeu o que Angel fez anteriormente. A vitória de um verdadeiro Herói nunca é para si. E depois de um ardente beijo em Cordelia, ele salta para seu destino desarmando o objeto que mataria a todos. Ao invés de morte e destruição, vimos uma grande Luz que um dia iluminou o caminho de Angel e agora iluminaria o de Cordelia. 

Doyle e seu grande momento de heroísmo: a boa luta

Allen Francis Doyle viveu como um Ser que custou entender a razão da boa luta e quando entendeu isto morreu como herói, deixando muitas saudades na Angel Investigations juntamente com seu nome e legado utilizado para o Bem por Cordelia ou para o Mal com Lindsey. Já Glenn Quinn, seu intérprete, morreu como um ser humano comum provido de grandes qualidades, como talento, e como tal, também defeitos que o levou a cometer erros como ferir sua própria existência. Mas é inegável que um não existiria sem o outro e nós fãs só temos a agradecer ambos, que a seu modo, eternizaram-se na história do nosso heroico Universo e como tais, merecem ser lembrados sempre!



quinta-feira, 27 de novembro de 2014

[Campanha] Angel na Netflix, é hora de agir!

Por ''William'' Gunn






Bom pessoal, durante este ano, essa campanha foi lançada aqui no portal; e desde então, ela se manteve em inércia, pois estávamos aguardando que nosso abaixo-assinado obtivesse uma quantidade considerável de assinaturas.

Após alguns meses, conseguimos acumular mais de 200 assinaturas, e essa obtenção sinaliza que é chegada a hora de avançarmos e realizarmos o momento principal, que é trazer a tona a necessidade dessa campanha à Netflix Brasil.

Por isso a partir de agora, todos nós fãs devemos entrar em contato com a Netflix através do Chat de atendimento ao cliente. Independente de você ser assinante ou não, cadastrado(a) ou não cadastrado(a), você tem livre acesso a esse canal de comunicação que a empresa disponibiliza ao público. É só conversar com o (a) atendente e sugerir à serie Angel (tudo isso leva em média 5 minutos de sua vida!). E não esqueçam de mencionar que se tornará um futuro assinante do canal, caso incluam a serie Angel.

Caso você internauta, já seja um assinante Netflix, por favor contribua também (pois quem já é assinante tem credibilidade quanto a sugestões).

A equipe dos Caçadores também se prontificará solicitar a serie Angel, assim como encaminhar o abaixo-assinado à Netflix Brasil.

Por isso pessoal (tanto os fãs que sonham em assistir a serie Angel totalmente dublada, quanto os fãs de Buffy, por solidariedade), temos que aproveitar essa oportunidade. Lembre-se que a serie Angel é injustiçada no Brasil, pois a maioria dos fãs ainda resistem em assistir a versão legendada, e esperam arduamente a versão dublada ser lançada, para começar a assistir as cinco temporadas e, consequentemente começar a comentar os assuntos relacionados às aventuras do vampiro com alma!

A fase derradeira da campanha está no ar! Vamos à luta!!!

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

[Retrospectiva Analítica] Buffy, a Caça-Vampiros - 1° Temporada



Por 
''Flávia'' Buffy Summers; 
''William'' Gunn 
& ''Teel'' Faith Lehane






Titulo Original: Buffy The Vampire Slayer 
Título Brasileiro: Buffy, a Caça-Vampiros 



Precedido por: Filme-Piloto
Temporada 01: de 10/03 a 02/06/1997 
Sucedido por: Temporada 02

Elenco Principal: 

Sarah Michelle Gellar, 
Nicholas Brendon, 
Alisson Hannigan, 
Charisma Carpenter
Antony Stewart Head

Elenco Coadjuvante:
David Boreanaz
Robia La Morte
Julie Denz
Mark Metcalf





   A primeira temporada de Buffy veio como uma ideia mais abalizada de seu criador Joss Whedon. O Canal (Fox) pediu a Joss que criasse algo para a temporada de férias da TV. Aquela espécie de tapa buraco da programação. Sendo assim, ele viu a oportunidade de trazer de volta sua caça-vampiros, destruída pela crítica num filme estrelado por Kristy Swason e Luke Perry (astro de Barrados no Baile) lançado em 1992. Então em 1996 estreava Buffy – The Vampire Slayer com inicialmente 13 episódios recheados com muitas histórias sobrenaturais como metáforas para as agruras da adolescência da época. O enredo de teste era basicamente este.

Cartaz promocional do filme que deu origem à série:
comédia descerebrada

      Buffy Summers, a última da linhagem de garotas nascidas com poderes sobrenaturais para combater vampiros e Demônios, se muda com sua mãe Joyce para a cidade de Sunnydale depois de incendiar seu último Colégio. Lá descobre que está acima da Boca do Inferno, local que atrai todo tipo de criaturas maléficas. Fato revelado por Rupert Giles, o bibliotecário do Sunnydale High. Justamente por isso este é o centro da convergência mística, e exatamente o local em que a Scoobygang (nome dado a turma que auxilia Buffy) se reúne para traçar planos contra as forças do Mal.

A Biblioteca de Sunnydale High:
um dos personagens da série

   A Scoobygang é um termo inglês para Gangue do ScoobyDoo, famosa turma de heróis de um desenho animado (antes dos estúdios Hanna Barbera, hoje da Warner Bros.) que se uniam para resolver mistérios fantasmagóricos. Começa por aqui a forte influência da cultura popular no seriado. Em BTVS, a denominação simplifica um grupo formado por Giles, a meiga Willow, o belo e desastrado Xander, as pessoas mais próximas da caça-vampiros e esteio muito importante em sua missão. Durante o decorrer da temporada, a Scoobygang teve mais aquisições. O vampiro Angel, que se torna namorado de Buffy, a professora Jennifer Callendar e a patricinha Cordelia Chase. Todos enredados nas várias histórias que tiveram o Colégio como cenário principal.

Jenny, Giles, Willow, Angel, Buffy, Cordelia e Xander:
A Scoobygang original em Profecy Girl

   Whedon percebeu que o grosso do público do Canal eram os adolescentes, portanto, nada mais coerente do que beber da fonte de seus dilemas para moldar as histórias. “O Colegial é literalmente um Inferno!” quem nunca ouviu um estudante proferir esta frase, nunca viveu ou não está vivendo esta realidade crua da vida. A difícil arte de se sobreviver no Ensino médio. Disso emergiu vários temas como solidão (Out Of Mind, Out Of Sight), puberdade/virgindade (Teacher’s pet), crise de identidades (The Witch), primeiro amor (Angel), amores virtuais (I robot, you Jane), medo da morte (A profecy girl) e por aí vai.

   Como se já não bastasse todos estes problemas reais enfrentados, Buffy e sua turma tinham de lidar com um problemão sobrenatural. O grande vilão da temporada, o Mestre do Vampiros, Líder de uma Ordem antiga, profética dos chamados “a velha guarda” que seguia a Filosofia de “Seres de sangue puro”, enojados com a aparência humana que seus descendentes dos tempos modernos possuíam. Em outras palavras, ele parou no tempo, como um saudosista que queria recuperar o Inferno do mundo quando habitam os Demônios. Em sua primeira tentativa com suas bestas, um terremoto devastou a cidade e o soterrou para abaixo dos confins de uma Igreja abandonada, deixando suas “amiguinhas” embernando na chamada Boca do inferno. Preso, não via a hora de ascender, libertar suas criaturas, e deixar o mundo como era.

O Mestre dos Vampiros: horror à aparência humana

   Durante toda a temporada se valeu da Profecia de que subiria e a caçadora morreria. O plano final começou com a face de uma criança conhecida como “O Ungido”, aquele que levaria a caçadora pela mão em direção a sua Morte. Mas no caminho havia uma caçadora. Uma caçadora havia no caminho. E mesmo se valendo de seus ungidos e Profecias, não foi o suficiente para concluir seu plano. Primeiro ele perdeu Darla, sua favorita, para Angel. Algo devastador para sua existência, afinal, Angel era a criatura mais perversa que ele já havia tido contato e que depois de amaldiçoado por um clã cigano, recuperou a sua alma e agora teria de vagar pelo mundo atrás de redenção. Era como se para ele fosse uma verdadeira apunhalada com uma estaca pelas costas no que chamava de sua “família”.

   A parte poética da primeira temporada se dá justamente no fato de Angel se apaixonar por Buffy e vice-versa. Um amor proibido bem ao estilo dos casos adolescentes. Uma bela sacada dos roteiristas para atrair as garotas sonhadoras com quê de Julieta.

O misterioso Angel balançou o coração de Buffy

Buffy chegou. A cidade mudou. Amigos ela fez. O Amor encontrou. Perigos enfrentou. Com a Morte lidou. O Mestre ela venceu. 13 episódios tão bem aceitos pela genialidade de Joss, seus roteiristas e seus diálogos fantásticos, que de série tapa-buraco pulou para um dos maiores fenômenos do Canal e da TV. 







PERSONAGENS CENTRAIS: 


Trazendo a considerada “Scooby Gang” original, a primeira temporada de Buffy começa a nos introduzir aos personagens que amamos tanto hoje. Apesar de jovens e bastante diferentes de como terminaram a série, cada um deles trazia consigo características únicas e vamos agora analisá-las um pouco mais a fundo.


Buffy Summers: Após de mudar para Sunnydale, em uma tentativa frustrada de fugir de seus deveres como caçadora, Buffy percebe que está na Boca do Inferno, o lugar de maior concentração de atividades demoníacas no planeta. É em Sunnydale High que ela conhece seus melhores amigos e companheiros de vida nas temporadas seguintes e também seu novo guardião. A Buffy da primeira temporada é apenas uma garota, um pouco rebelde, um pouco fútil e isso é imprescindível para a evolução da caçadora ao longo dos episódios. Os conflitos com a sua mãe e os problemas na escola dão uma pitada de jovialidade a mais, o que ajuda as pessoas que estão assistindo a se identificarem com a personagem.


Xander Harris: É o estereótipo de todo garoto “não popular” do ensino médio. Amigo da nerd, apaixonado pela nova garota do colégio, sempre transformando tudo em piada. Entretanto a maior característica de Xander é a lealdade e ao longo da temporada podemos ver como ele aprende lidar com todo o universo novo que está sendo exposto, apenas para conseguir continuar ao lado dos seus amigos.


Willow Rosenberg: A garota inteligente e nerd do grupo. Willow é tímida e introspectiva, mas com um enorme coração. A aproximação dela com a nossa caçadora é fácil e quase natural, ainda que as duas pareçam tão diferentes superficialmente. A evolução da personagem vem a passos pequenos nessa temporada, Willow acaba sendo usada na maior parte do tempo como amiga inseparável e hacker para conseguir as informações que a Gang precisa, mas seu carisma e simpatia atraí a todos e todos os eventos que acontecem na temporada são a base para o início da mudança da personagem.


Cordélia Chase: Se temos a garota nova, a nerd e o não popular, é claro que teremos a patricinha também. Cordélia é fútil, é patricinha, é esnobe, mas ainda assim tem um carisma impressionante. Acaba na Scooby Gang por “acaso” e por mais que tente sair, está sempre metida nas confusões da turma. Seu caráter e personalidade rendem ótimos momentos ao longo da temporada.


Rupert Giles: Giles funciona como o grande cabeça na primeira temporada. Sua experiência e sua paixão pelo que faz ajuda Buffy e a Gang a trilharem o caminho certo e vitorioso. Além disso tem um grande papel para a caçadora, não só como seu Guardião, mas como aquele que ensina a importância da missão que ela tem a seguir. 


PERSONAGENS COADJUVANTES 


Angel: O personagem misterioso e bonito acaba-se revelando um vampiro com alma e também a grande paixão de Buffy. Aos poucos é possível descobrir o passado sombrio do personagem, mas logo somos atraídos pela história de amor proibida entre a caçadora e o vampiro. Geralmente portador de más notícias, Angel aparece pouco, mas guarda um papel importante para as próximas temporadas.


Jenny Calendar: Professora do Colégio Sunnydale, que também descobre sobre secreta jornada da Caçadora Buffy Summers e termina por se tornar mais uma aliada. Com o passar dos episódios, desenvolve uma atração por Giles.


Joyce Summers: A super protetora mãe de Buffy. Preocupada com o futuro de sua filha, ela (que é mãe solteira) deixa Los Angeles (após os estragos feitos por Buffy no filme de 1992) para recomeçar a vida em Sunnydale. Durante toda a temporada, Joyce nem suspeita dos bizarros acontecimentos de Sunnydale, e de que sua filha é a salvadora desse caos.


VILÕES PRINCIPAIS:


O Mestre é um vampiro poderoso que planeja destruir o mundo após recuperar sua força total. Para isso, ele ordena que seus capangas façam matanças na cidade para ele conseguir o apocalipse. E talvez seja aí que more o grande ponto fraco deste vilão. Pouco se viu dele na temporada, sempre escondido em sua caverna, seu falatório interminável dava espaços a outros vampiros, como Darla, por exemplo, e o deixavam excluídos com o tão insuportável Ungido. O Mestre só tem papel decisivo mesmo no último episódio da temporada, cumprindo seu papel com maestria quando é preciso. 


Darla: Vampira e principal serva do ''Mestre''. Chega com à Sunnydale para ajudá-lo a encontrar uma forma de libertá-lo das profundezas e trazê-lo novamente à superfície. É também a criatura que vampirizou Angel. 


Collin (O Ungido): Após um intencional acidente provocado pelos vampiros, em um ônibus que trafegava por Sunnydale, o garoto foi recrutado pelo ''Mestre'' para ser a criança que ajudará a libertá-lo das profundezas  e trazê-lo para a superfície, conforme diz a profecia.





Episódios que se destacaram:


1. Welcome to the hellmouth (S01E01)
Como primeiro episódio, cumpriu bem o papel de estabelecer um elo com os acontecimentos no filme de 1992. Em que mostra Buffy mencionando os fatos ocorridos em Los Angeles (o encontro com o sentinela Merrick e a luta contra Lothos e seus lacaios). Se a Sarah Michelle Gellar fosse a protagonista daquele filme, provavelmente seria exibido um breve flash-back com cenas do longa-metragem.



2. The Harvest (S01E02)
Como continuação do arrepiante primeiro episódio, mostra Buffy e seus novos amigos (a quem acabam de conhecer seu segredo) compreendendo sobre o ambiente em que estão: Sunnydale: a Boca do Inferno.



3. Angel (S01E07)
Serviu para explorar o personagem, que foi inserido na trama de forma misteriosa. Foi também o momento em que ele é revelado como vampiro diante da protagonista Buffy, durante um momento romântico do episódio.




4. Out of Mind, Out of Sight (S01E11)
Fugindo um pouco do enredo principal com Vampiros, é um episódio que trata (pelo estilo Buffyverse) sobre os malefícios da exclusão social na escola (não ser notado ou ignorado pelos colegas de classe)!!


5. Prophecy Girl (S01E12)
O Climax da primeira temporada, que mostra a reação devastadora de Buffy contra os vampiros, depois que descobre sobre a profecia de que tombaria diante do Mestre, deixando-o livre para abrir a Boca do Inferno. Uma surpreendente reviravolta, acrescida de uma surpreendente conclusão quando se pensava que não haveria um final feliz!!!



A primeira temporada de Buffy tem bastantes altos de baixos. A essência da série que tanto amamos começava a ser construída e há momentos que é possível identificar porque a série funcionou e seria tão aclamada no futuro. Entretanto, problemas de execução, somados a enredos não muito interessantes e o baixo orçamento da série transformou a temporada em algo abaixo da média. É claro que mesmo com todos os problemas, ainda somos atraídos pela novidade das tramas, pelo elenco muito carismático e por tudo que a série representa e tenho os 12 primeiros episódios como base para o verdadeiro grande show que aconteceu nas temporadas seguintes. 

Nota da temporada (escala e 1 a 10): 6